A prefeitura de Penedo, uma das cidades banhadas pelo Rio São Francisco, reuniu representantes de algumas pastas, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e o representante do Comitê da Bacia Hidrográfica do São Francisco, nesta quarta-feira, 12, para discutir o trabalho de prevenção a respeito da possibilidade de inundação de localidades situadas à margem do rio.

Assim como Penedo, as cidades de Piranhas, Pão de Açúcar, São Brás, Traipu, Porto Real do Colégio e Piaçabuçu receberam o alerta da Defesa Civil Estadual sobre o aumento das vazões para os reservatórios das hidrelétricas de Xingó, em Alagoas, e de Sobradinho, na Bahia, a partir de hoje.

O prefeito de Penedo, Ronaldo Lopes, determinou a realização de levantamento das áreas com maior possibilidade de inundação, na cidade e na zona rural, assim como a disponibilidade de espaços para eventual necessidade de acolhimento para desabrigados. A prefeitura também determinou a desobstrução dos canais que levam água do rio para a lagoa do Oiteiro e a destinação de máquinas para regularização do acesso ao povoado Ilha das Canas.

Sem Pânico

De acordo com comunicado emitido pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), o aumento da vazão se deu em virtude da grande quantidade de chuvas ocorridas na Usina Hidroelétrica Três Marias/MG.

A Defesa Civil ressalta que não há razão para pânico, mas orienta que hotéis, bares e restaurantes e a população ribeirinha que deixem o leito do rio e retirar estruturas montadas para evitar prejuízos. Donos de embarcações também devem ser evitadas nesse período.

AL24HS