Um grupo de criminosos assaltou duas agências bancárias no município de Vidal Ramos, no Alto Vale do Itajaí, em Santa Catarina, durante a manhã desta quarta-feira (4). Eles fizeram diversos disparos para o alto como forma de assustar os moradores da pequena cidade de 6 mil habitantes.

Em seguida, retiraram os funcionários das agências e fizeram um cordão humano para facilitar a ação criminosa no Banco do Brasil e Cresol.

Os criminosos deixaram o local em uma caminhonete preta e levaram alguns reféns sobre o capô do veículo. O grupo ainda usou uma caçamba da prefeitura para trancar a rua onde ocorreu a ação criminosa e incendiou um caminhão na SC-110, próximo à serra de acesso ao município, para dificultar a perseguição da Polícia Militar.

Outro dois veículos teriam sido usados na ação: um Chevrolet Agile verde e um Renault verde. Um desses foi queimado no interior do município, próximo a uma região de mata.

De acordo com testemunhas, dois homens ficaram feridos durante o assalto. Um era o segurança de uma das agências e foi baleado no pé após ter sido levado como refém. O outro era gerente da unidade e estava dentro da agência quando os criminosos chegaram, levando um tiro no pé e sendo encaminhado de ambulância para atendimento no município.

A Polícia Militar afirmou que os reféns levados durante o assalto já foram liberados e que segue em busca dos suspeitos, que teriam fugido em direção a Brusque.

Helicóptero Arcanjo atende vítima

O helicóptero Arcanjo 03, do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, atendeu no começo da tarde desta quarta-feira (4) uma das vítimas do assalto. Os paramédicos pousaram no Estádio Fernando Doerner, que fica a menos de 500 metros das agências do Cresol e do Banco do Brasil, e socorreram o segurança que levou um tiro no pé. O gerente de uma das agências, também baleado no pé segundo testemunhas, foi atendido por uma ambulância do próprio município de Vidal Ramos.

Segundo o tenente Jefferson Luiz Machado, do Corpo de Bombeiros de Blumenau, o Arcanjo 03 teve de ser acionado depois que os assaltantes atearam fogo em um caminhão na rodovia de acesso ao município, o que impediu o atendimento de ambulâncias de municípios vizinhos, como Rio do Sul.

 

NSC Total