Audiência será realizada no auditório da Justiça Federal, em Maceió, a partir das 9h 

laudo sobre as rachaduras que afetam os bairros do Pinheiro, Bebedouro e Mutange há mais de um ano será divulgado durante uma audiência pública na próxima quarta-feira (8), no auditório da Justiça Federal em Maceió. A informação foi confirmada pelo Ministério de Minas e Energia (MME). 

De acordo com o MME, os estudos foram concluídos ontem, 29/4/2019, pela CPRM – Serviço Geológico do Brasil, que analisou as causas do aparecimento de fissuras no solo e de rachaduras em imóveis nos bairros de Maceió.

 

No começo da tarde desta terça, o MME chegou a informar que o laudo ainda não estava pronto, como também não tinha prazo para ser divulgado. No entanto, a assessoria de imprensa do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) assegurou que os técnicos estão consolidando as informações. 

Ajuda

O censo dos moradores das áreas vermelha, laranja, amarela até a rua Belo Horizonte, feito pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), contabilizou 2.500 famílias que precisam deixar a área atingida pela falha geológica que causa rachaduras e afundamento em ruas e imóveis. Cerca de 1.750 famílias buscaram o aluguel social nas Secretarias Municipais de Defesa Civil e de Assistência Social.

 Por conta da burocracia federal, a ajuda ainda não saiu para todos. Cerca de mil famílias já se mudaram e recebem o aluguel – cerca de mil reais para cada família. Um total de 750 famílias espera o repasse do primeiro mês do aluguel social.

 

 

gazetaweb