terça-feira, 24 de Abril de 2018
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3

Recados

Deixe seu recado

 
 
 
 
 
 
Campos marcados com * são obrigatórios.
Seu endereço de e-mail não será publicado.
Por razões de segurança nós salvamos o seu endereço de IP: 54.198.78.121.
Pode ser que sua mensagem só se torne visível depois que revisarmos.
Nos reservamos no direito de editar, deletar ou não publicar as mensagens.
60 entries.
paulino lopes escrito em 19/04/2018 at 11:37:
TRANSFERÊNCIA DE RECURSOS DO GOVERNO FEDERAL - Ministério do Turismo - CONVÊNIO n° 847594 - DRIVE-COCADA - Marechal Deodoro. Valor total do convênio R$ 780.000,00 + R$ 8.100,00 de contra-partida da prefeitura, totalizando R$ 788.100,00. DATA da última liberação, 10/04/2.018. Valor da última liberação R$ 390.000,00. Total liberado pelo governo federal R$ 780.000,00. Obs: vale ressaltar que projeto deve conter estacionamento, praça de alimentação, palco para apresentações cultural, banheiros e lojas de artesanato. A destinação do espaço será definida através de processo licitatório obedecendo todos os critérios para a seleção dos contemplados para uso do ambiente. Nota-se que os recursos do convênio já foram repassados em sua totalidade.
paulino lopes escrito em 25/03/2018 at 16:16:
Após vários anos paralisada a URBANIZAÇÃO DA ORLA LAGUNAR do Sítio Histórico de Marechal Deodoro recebe a Ordem de Serviço para a continuidade de seus serviços. Através do convênio n° 784124, (segunda ETAPA), com recursos de uma Emenda Parlamentar do Dep. Federal Maurício Quintela no valor de R$ 975.000,00, sendo liberada a 1° parcela no dia 09/05/2.017, no valor de R$ 201.611,58. A 3° ETAPA foi através do convênio n° 825896, recursos do Min. do Turismo, no valor de 292.500,00, sendo liberado em 31/08/2.017 a 1° parcela no valor de R$ 146.250,00 e finalmente a 4° ETAPA assegurado os recursos através do convênio n° 852232, oriundo de uma emenda parlamentar de autoria do dep. federal JHC, aguardando liberação. Resumindo, as 3 ETAPAS finais da Urbanização da Orla, totaliza um valor de R$ 1.730.000,00, dos quais só foral liberados o valor de R$ 346.851,00 no exercício de 2.017. No projeto consta, Pavimentação e Drenagem Pluvial, Passeio Publico, pontos de estacionamento, ciclovia, praças, parques, barracas com banheiro,, etc, etc, tornando-se assim uma grande atrativo para a sociedade deodorense e para os nossos visitantes. Obra inprescindível a o desenvolvimento turístico de Marechal Deodoro FONTE.Portal da Transparencia do Governo Federal.
paulino lopes escrito em 22/03/2018 at 16:10:
LIBERAÇÂO DE RECURSOS PARA a Construção do Centro de Comercialização de Produtos Associados ao Turismo no município de Marechal Deodoro - DRIVE-COCADA. Convênio numero 847594. Recursos do MINISTERIO DO TURISMO. Valor global R$ 788.100,00. Valor de repasse R$ 780.000,00. Valor da contra-partida R$ 8.100,00. Valor e data da primeira liberacao, R$ 78.000,00, data 16.03.2.018. No projeto devera constar - Estacionamento, Praca de Alimentacao, Palco para apresentac'oes culturais, banheiros e lojas de artesanato, etc... etc... Fonte, Portal da Transpaencia do Governo Federal.
juvenal sabtana escrito em 18/03/2018 at 11:54:
Fico revoltado de ver como o povo se ilude com qualquer coisa. O municipio está cheio de problemas - falta de água e pagando caro pelo que não tem, a saúde sem atender as minimas necessidades da população sem remédios, poucos médicos, posto sujos, entre outros problemas, as ruas sujas com muito lixo sem o recolhimento regular, buracos por todo canto, e mais e mais problemas; Mas basta o prefeito dizer que vai realizar umas obras eleitoreiras e o povo fica aplaudindo. O que a prefeitura sabe melhor fazer é propaganda para enganar todo mundo e achar que éle é o bom. Gente, acorda para a realidade.
paulino lopes escrito em 15/03/2018 at 11:38:
E o CONCURSO PÚBLICO prometido para o exercício de 2.017, inclusive foi feito um TAC junto ao Ministério Público, Prefeitura Municipal e Câmara de Vereadores, aprovada também um Lei criando cargos na estrutura municipal, que não satisfazia nem 1/3 das necessidades existente, portanto não tinha objetividade, assim, permanece o excessivo abuso de criação de Cargos Comissionados, temporários, Nepotismo, Fisiologismo, atos condenados pela regras da administração pública, inclusive aos olhos de toda sociedade, e por incrível que pareça, também aos olhos do Ministério Publico Estadual, pelo qual tem conhecimento dessas irregularidades e falta tomar as devidas providências por ser o mesmo o órgão responsável pela aplicação da lei. E a CORRUPÇÃO, continua de "vento em popa" na administração pública em Marechal Deodoro.
paulino lopes escrito em 15/03/2018 at 11:16:
O município de Marechal Deodoro, em função da atuação de seus gestores, não muitos chegados a cumprir as normas legais que norteiam a administração pública municipal. Exemplo: Falta de identificação das obras realizadas pela prefeitura, falta identificação dos ônibus que fazem o transporte escolar dos alunos, muitos não consta nem o nome da empresa a qual pertence, identificação dos carros de pequeno porte, caminhões, caçambas, máquinas pesadas como pá carregadeira, tratores, etc, etc, claro que todos sabem das obrigações legais a serem cumpridas, como sabe tambem, que incorrem em atos de improbidade a administrativa e estão sujeitos penalidades, inclusive afrontando a lei da TRANSPARÊNCIA PÙBLICA. Seria bom que a lei fosse cumprida, tanto pelo Poder Executivo, como pelo Poder Legislativo, evitando-se futuros transtornos que poderão surgir.
paulino lopes escrito em 15/03/2018 at 10:50:
RECURSOS TRANSFERIDOS PELO GOVERNO FEDERAL PARA MARECHAL DEODORO. Convênio número 660054. OBJETO - APOIO A PROJETOS DE INFRAESTRUTURA TURÍSTICA . Órgão Superior - Ministério do Turismo. Valor total do convênio = R$ 3.412.500,00. Data da última liberação 08/03/.2.018. Valor da última liberação R$ 54.599,85.

Convênio número 722498. Objeto - PAVIMENTAÇÃO DE DIVERSAS RUAS EM MARECHAL DEODORO. MINISTÈRIO DAS CIDADES. Valor total do convênio R$ 749.350,00. Data da última liberação 05/03/2.018. Valor da última liberação R$ 370.175,00. FONTE: Portal da Transparência do Governo Federal. Obs: de acordo com o Portal são as primeiras transferência de recursos financeiro, através de emendas parlamentares, relativas ao exercício de 2.018
paulino lopes escrito em 11/03/2018 at 11:17:
O que observamos em Marechal Deodoro há anos, é uma prática política onde sempre esteve presente, a CORRUPÇÃO, o NEPOTISMO, o uso excessivo e abusivo de CARGOS COMISSIONADOS, inclusive ferindo as normas existentes para o seu uso, CONTRATOS IRREGULARES, funcionários FANTASMAS que não cumpre horário e muitas vezes nem comparecem ao trabalho e o não reconhecimento do valor do servidor EFETIVO, tudo isso e mais outras mazelas, é que faz o município permanecer mergulhado nesse atraso inaceitável. Enquanto perdurar essa situação existente e a atual falta de TRANSPARÊNCIA PÚBLICA a população jamais presenciará melhores dias para todos. Cabe aos órgãos que são responsáveis em fazer cumprir a lei se posicionarem. Obs: o comentário se refere aos dois poderes do município, EXECUTIVO e LEGISLATIVO.
paulino lopes escrito em 22/02/2018 at 09:58:
Essa questão do lixo em Marechal Deodoro sempre despertou outros interesses e cercado de muitos mistério. A coleta e o transporte do lixo, são contratos de alto valor financeiro, geralmente superfaturados e pagos com recursos próprio do município e são passiveis de não sofrer nenhuma fiscalização. Por acaso alguém já viu a câmara municipal fiscalizar nada e muitos menos os contratos de alto valor. Só lembrando! O último contrato com a CONSERG, venceu no dia 30/05/2.017, no valor de R$ 10.156.106,10 e até a presente data continua a mesma empresa prestando o serviço e não se sabe se houve algum Termo Aditivo para regularizar a situação, sabe-se que outra empresa ganhou uma nova licitação, de nome CIANO, mais através de uma decisão JUDICIAL foi suspensa a licitação e continua a CONSERG prestando os serviços de forma precária. O motivo porque foi suspensa a licitação não temos conhecimento, tendo em vista a falta de TRANSPARÊNCIA da atual administração.
paulino lopes escrito em 18/02/2018 at 13:17:
O ATRASO QUE PERSISTE EM MARECHAL DEODORO e o porque desse atraso. Será que houve alguma mudança? A bem da verdade, na minha percepção, nada mudou, só as pessoas que estão no comando do município que deviam promover fortes mudanças no modelo administrativo, arcaico e ultrapassado, que há anos vem sendo utilizado no município e não se chega a lugar nenhum, no que diz respeito a condição de vida da sociedade. Observamos a máquina publica, emperrada, funcionando de uma maneira ineficaz e que não atende como devia, os interesse da população. O funcionários público EFETIVO, que é o segmento mais importante na estrutura administrativa, é relegado ao segundo plano, não sendo valorizado como devia ser, inclusive na questão salarial, pessimamente remunerados. Com raras exceções! Se fizermos uma comparação entre os níveis dos salários dos Comissionados, Temporários e Efetivos, qualquer cidadão ficaria no mínimo indignado em observar tamanha distorções que penaliza os Efetivos. Para corrigir esses absurdos, só através de uma profunda reforma administrativa acompanhada da realização de concurso público e isso não é do interesse dos gestores. E o CONCURSO PÚBLICO, sera´que o MPE. também esqueceu o TAC, referente a realização do mesmo no exercício de 2.017. Marechal Deodoro, terra onde não se gosta de cumprir os ditames da lei.