quarta-feira, 12 de dezembro de 2018
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3

Furto em Igreja Católica de Maceió causa prejuízo de mais de R$ 4 mil

A Igreja de Nosso Senhor do Bom Jesus dos Martírios, no Centro de Maceió, mais uma vez foi alvo de criminosos. O caso aconteceu na madrugada, por volta das 2h30, deste sábado (16) e desta vez causou um prejuízo superior a R$4 mil.

A ação criminosa foi gravada por câmeras de segurança da igreja, as imagens estão sendo utilizadas para ajudar a polícia na identificação do suspeito.

Pelas imagens é possível notar um homem de aproximadamente 25 anos, entrando no local pela lateral da paróquia. Ele subiu no telhado, afastou as telhas e entrou na igreja, por uma sala que guarda material de pouco uso. Logo após foi até o banheiro, quebrou os vidros da janela, danificou duas portas e entrou por uma pequena abertura, conseguindo acesso à sala que fica a mesa de som.

“Como não abriu totalmente a porta, o alarme da igreja não disparou. Ele ainda tentou entrar na parte principal da igreja, mas não conseguiu. Então, levou a mesa de som. Acreditamos que ele já havia estudado o local, pois parecia que sabia que a paróquia tinha câmaras. Ele cobriu o rosto com uma camisa. Além disso, estava com uma das pernas enrolada com um pano, não sabemos se era para esconder uma tornozeleira ou uma tatuagem”, disse a assessoria de comunicação da paróquia.

Esta é a segunda vez em apenas seis meses que a Igreja de Nosso Senhor do Bom Jesus dos Martírios é arrombada e furtada. Em dezembro do ano passado, um homem, sem identificação, entrou pelo teto do salão paroquial, danificou a cobertura de madeira e roubou uma quantia não especificada de dinheiro que estava em cofre destinado a receber doações. Ele também levou R$332,00 equivalentes a dízimos e intenções. 

 

fonte al24hs

Sobre WebRádio Juventude

Verifique isso

A comunicação em Alagoas está à venda. Quem vai comprar, quem vai vender e por quê?

O jornalismo alagoano passará por uma verdadeira varredura, já a partir de 2019. Ainda não …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*