Vítima contou que era espancada constantemente com a mesma arma usada em lutas, segundo a polícia.

Arma utilizada no crime

Uma grávida de 29 anos é suspeita de matar o marido, de 56 anos, asfixiado, na noite dessa quinta-feira (23), na cidade de Jacuípe, interior de Alagoas. O crime teria acontecido na frente dos filhos do casal, de 1 e 2 anos.

Segundo informações repassadas pela Polícia Civil (PC), a vítima, que está no 4° mês de gestação, contou que era agredida constantemente pelo marido, e que, para matá-lo, usou um instrumento de artes marciais que, segundo ela, era usado para agredi-la.

À polícia, a autora relatou que, na última briga do casal, foi ameaçada de morte, momento em que pegou o instrumento e asfixiou o companheiro, passando o objeto por seu pescoço.

Em seguida, ela foi conduzida ao Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) da cidade, onde foi instaurado um Inquérito Policial (IP) e todas as providências cabíveis foram realizadas, segundo a PC.

O corpo da vítima foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML).

gazetaweb