O alagoano havia desaparecido no último dia 13, após receber uma ligação telefônica.

Homem estava desaparecido e foi encontrado morto

Uma mulher é a terceira pessoa suspeita de participação na morte do pecuarista Djalma Vieira, em Teotônio Vilela, no Agreste de Alagoas. Ela está foragida e duas pessoas já foram presas.

Segundo o chefe de operações da delegacia de Teotônio Vilela, Marcos Nascimento, a mulher já foi identificada e não se encontra mais em Alagoas.

Os dois homens suspeitos do crime foram presos nessa quarta-feira (30), sendo que um deles estava na cidade de Sorriso, em Mato Grosso do Sul.

O pecuarista havia desaparecido no último dia 13, após receber uma ligação telefônica. Djalma foi visto, pela última vez, passando pela Rua Francisco Timóteo, no centro da cidade de Teotônio Vilela.

Após mais de 15 dias sumido, o corpo de Djalma foi localizado em estado de decomposição, nessa quarta (30), em uma região de mata situada no próprio município de Teotônio. O cadáver foi reconhecido pelos familiares.

Um dos suspeitos confessou participação no crime, segundo os investigadores.

gazetaweb