Um homem de 32 anos foi preso pela Polícia Civil de Alagoas (PC-AL) nessa quarta-feira, 21, suspeito de crimes praticados contra um padre no município de Santana do Ipanema, Sertão do estado. Ele teria “stalkeado”, ou seja, perseguido a vítima, a ameaçado e ainda apedrejado a residência dela. Em 2017, o mesmo homem tentou matar o líder religioso com um golpe de facão.

De acordo com a investigação da PC-AL, o homem perseguia o pároco, identificado como Clejean Melo da Silva, através de ameaças e dano. Ele também é suspeito de apedrejar a casa da vítima, em setembro deste ano. Também neste mês, ele atacou outra pessoa e a agrediu sem motivos.

A ação foi realizada por policiais civis da Delegacia Regional de Santana do Ipanema, coordenados pela delegada Daniella Andrade, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça e solicitado pela delegacia.

Tentativa de homicídio há cinco anos – O rapaz capturado nessa quarta havia sido preso por ter tentado matar o próprio padre em 24 de setembro de 2017. Ele foi a júri popular por este crime, mas estava solto.

Na ocasião, o padre Clejean saía da Paróquia de São Cristóvão quando foi surpreendido pelo indivíduo, que estava armado com um facão. Segundo testemunhas, no momento em que tentou efetuar o golpe, foi contido por coroinhas, que ajudaram o líder religioso a escapar. 

TNH1