Expectativa da Aneel é não aplicar nenhuma cobrança adicional até o fim deste ano, devido à recuperação dos reservatórios das hidrelétricas.

Expectativa da Aneel é não aplicar nenhuma cobrança adicional até o fim deste ano, devido à recuperação dos reservatórios das hidrelétricas

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu, nesta sexta-feira (29), pela manutenção da bandeira verde para as contas de energia no mês de agosto.

Dessa forma, a conta de luz continuará sem cobrança adicional em decorrência das condições de geração de energia elétrica nas usinas hidrelétricas, que continuam favoráveis.

A bandeira verde está em vigor desde 16 de abril. A expectativa da Aneel é não aplicar nenhuma cobrança adicional até o final deste ano, devido à recuperação dos reservatórios das hidrelétricas.

Quando acionada a bandeira amarela cobra uma taxa extra de R$ 2,989 para cada 100 quilowatts-hora (kWh). A bandeira tarifária vermelha patamar 1 tem um adicional de R$ 6,50 a cada 100 kWh na conta do consumidor.

O que são as bandeiras tarifárias?

Criado pela Aneel, o sistema de bandeiras tarifárias busca sinalizar o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores planejar como usar a energia elétrica.

Se a bandeira está vermelha, ele sabe que é conveniente economizar, ter um consumo mais consciente e evitar o desperdício de água e energia.

Metrópoles