Dados são da Polícia Científica que aponta ainda que 43 pessoas não sobreviveram à violência no trânsito somente em maio.

Foram mais de 40 pessoas vítimas de acidentes fatais em Alagoas.

De janeiro a maio de 2022, 234 pessoas foram vítimas de acidentes fatais de trânsito no estado de Alagoas. É o que aponta a Polícia Científica em dados divulgados nesta sexta-feira (17). Ainda segundo o órgão, somente em maio de 2022, 43 pessoas morreram por causa disso, sendo 23 delas recolhidas nos locais de acidentes e o restante que ainda chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu.

É o caso de João Bernardo, que foi atropelado na rodovia AL-101 Sul, em Marechal Deodoro, no mês passado. Ele foi levado ao Hospital Geral do Estado (HGE), onde entrou em óbito.

De acordo com os dados da Polícia Cientifica, entre janeiro e maio de 2022 foram necropsiados 234 corpos de vítimas de acidente. Já em 2021, esse número no mesmo período foi de 264 corpos que passaram por exames cadavéricos, por causa da violência no trânsito, como atropelamentos e abalroamentos. Houve uma redução de 11,36% no cinco primeiros meses do ano.

De janeiro a maio, 69 municípios registraram ocorrências de trânsito com vítimas. Do total de casos, 104 pessoas chegaram a ser socorrida, mas faleceram em uma unidade de saúde. Os municípios com maior índice são Maceió com 36 óbitos, Arapiraca com 18, Porto Calvo com 9 e Girau do Ponciano, Palmeira dos Índios e São Sebastião cada um com 8 mortes.

Em maio

Em 2021 os Institutos de Medicina Legal de Maceió e Arapiraca receberam 51 corpos somente em maio, e este ano foram 43 cadáveres, sendo 79,07% do sexo masculino, e 20,93% do sexo feminino, uma redução de 15,68% no índice de mortes no trânsito de Alagoas no mês passado.

Os dados mostram ainda que, das vítimas, 20 pessoas tinham entre 30 e 59 anos de idade e 12 tinham entre 18 e 29 anos de idade. Outras 2 eram crianças (faixa etária de 0 até 12 anos de idade incompletos) e 4 eram adolescentes (faixa etária entre 12 até os 18 anos incompletos e 5 acima de 60 anos.

Jovem empresário morreu de acidente nesta sexta-feira

O jovem empresário de 20 anos Rommel Toledo Filho morreu na madrugada desta sexta-feira (17) após perder o controle do veículo que conduzia e colidir com um poste na Avenida Dona Constança de Góis Monteiro, no bairro Poço, em Maceió.

Com o impacto, ele morreu no local do acidente. Testemunhas relataram que outro veículo com amigos do jovem estava próximo quando o acidente aconteceu. Eles teriam tentado socorrer a vítima, mas não tiveram êxito. A informação não foi confirmada pelas autoridades.

A Delegacia Especializada de Acidentes de Trânsito da Polícia Civil vai abrir inquérito para investigar as circunstâncias do acidente que vitimou o jovem.

gazetaweb