Um bebê de apenas 11 meses deu entrada sem vida, na noite deste sábado (21), na unidade de Pronto Atendimento do Francês, em Marechal Deodoro, cidade da região metropolitana. O menino, segundo Polícia Militar, teria morrido em decorrência de violência sexual cometida pelo próprio pai. O homem, de 29 anos, foi preso em flagrante.

É da 5ª Cia da Polícia Militar, a informação de que os militares receberam a notificação de que uma criança dera entrada na UPA sem vida. Ao chegar à unidade de saúde, o médico responsável pelo atendimento ao menor confirmou aos militares que a criança apresentava sinais de estupro.

Interrogada, a mãe da criança, de 18 anos, confirmou que o menor sofrera abusos repetidos, inclusive com a introdução de objetos, e que sempre que ela reclamava, o marido a agredia e a trancava em outro cômodo da casa. A mulher disse, ainda, que costumava lavar a criança e trocar a fralda após os abusos. A família residia no Povoada Malhadas, em Marechal.

A mulher e o pai da criança foram encaminhados para a Central de Flagrantes, em Maceió, onde deverão ficar à disposição da Justiça. O corpo da criança, identificada como Gabriel Luís dos Santos Silva, será encaminhado ao Instituto Médico Legal, para ser submetido à necropsia.

Fonte: AL24HS