Batida entre carros deixa quatro pessoas mortas e cinco gravemente feridas entre Caldas e Poços de Caldas, MG — Foto: Polícia Rodoviária Federal

Quatro pessoas morreram na noite deste domingo (22) após uma batida entre dois carros na BR-459, entre Caldas e Poços de Caldas (MG). Segundo o Corpo de Bombeiros, os veículos bateram frente na altura do km 21,5. Outras cinco pessoas ficaram gravemente feridas.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, um veículo Astra, que seguia de Santa Rita de Caldas para Poços de Caldas, bateu de frente com o Fiat Linea ao tentar fazer uma ultrapassagem em local proibido.

O Corpo de Bombeiros informou que havia três ocupantes no carro Fiat Línea. O motorista e um dos passageiros foram socorridos e encaminhados para o hospital em estado grave. Já o passageiro que estava no banco traseiro morreu no local do acidente.

Já no Astra havia seis ocupantes, todos da mesma família. O motorista, uma mulher e uma criança de 10 anos morreram no local da batida. Eles estavam nos bancos da frente do carro.

Já os três passageiros do banco traseiro, um casal e o filho deles de 9 anos, foram encaminhados para o hospital em estado grave. Segundo os bombeiros, o carro apresentava vazamento de combustível, causando risco de incêndio no local. A PRF informou que a pista permaneceu totalmente interditada até às 1h50, desta segunda-feira (23).

Os bombeiros informaram que o Samu, a Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Militar auxiliaram nos primeiros-socorros. Os corpos foram encaminhados ao IML de Poços de Caldas. As vítimas foram encaminhadas para a Santa Casa desta mesma cidade.

Como estão as vítimas sobreviventes
A assessoria do hospital informou na manhã desta segunda-feira (23) o estado de saúde dos feridos. Dos ocupantes do carro Linea, um jovem de 24 anos está no setor de urgência e o outro homem já foi encaminhado para um quarto do hospital.

Entre os feridos do carro Astra, o homem de 28 anos está no setor de urgência. A mulher, 32 anos, também está na urgência, mas, de acordo com o hospital, o estado de saúde dela é muito grave. Já o filho do casal, de 9 anos, está internado na CTI Neonatal.

Fonte: g1