Um homem de 29 anos, apontado como um dos envolvidos no tiroteio que resultou na morte da jovem Aryadna Marcela Bento da Silva, de 22 anos, que estava grávida, foi preso nesta terça (10) em cumprimento a mandado de prisão por outro crime. Esta é a segunda prisão relativa ao caso. Em abril, a polícia prendeu um suspeito de 22 anos, acusado no mesmo crime.

De acordo com a Polícia Militar, o acusado residente na Avenida Senador Rui Palmeira, na Levada. Nesta terça, a PM teria recebido informações de que o acusado estava cometendo crimes em uma vila junto a outros suspeitos, que conseguiram fugir. D.N.S., no entanto, foi preso por militares do 1º BPM e encaminhado à Central de Flagrantes, onde deverá ficar à disposição da Justiça.

Aryadna, que estava grávida do seu quarto filho, foi baleada quando aguardava um transporte por aplicativo. Segundo as autoridades policiais, a jovem foi atingida pelos disparos efetuados por suspeitos que disputavam territórios para o tráfico de drogas.

A jovem chegou a ser encaminhada ao Hospital Geral do Estado, onde morreu juntamente com seu bebê.

AL24HS