Fabiano Oliveira, ex-jogador de futebol do Flamengo, responde a processos por agressão contra a ex-mulher, Fernanda Rodrigues. Apesar das medidas protetivas decretadas pela justiça contra o atleta, às agressões físicas continuaram.

A mais recente aconteceu no último sábado (13/11), após uma partida de futebol do filho mais velho. De acordo com o boletim de ocorrência, Fabiano teria desferido socos no rosto de Fernanda, e a filha mais nova do ex-casal, de apenas 8 anos, presenciou a cena. A Coluna LeoDias teve acesso a fotos que revelam o estado físico da moça após as agressões.

O histórico de agressões físicas contra Fernanda não se limita ao episódio que aconteceu no sábado. Na verdade, eles acontecem com recorrência desde que ela tomou a iniciativa de se separar do ex-jogador, em novembro de 2019. De lá pra cá, de acordo com Nathália Rodrigues, irmã da vítima, a vida da moça é marcada por ameaças e agressões físicas e psicológicas. O motivo seria pelo fato de Fabiano não aceitar o término do relacionamento.

A mais recente aconteceu na saída do estádio de futebol Ítalo Del Cima, localizado na zona oeste do Rio de Janeiro. Ela havia saído para assistir a um jogo de futebol do filho mais velho, quando, na saída, foi surpreendida pelas agressões do ex-marido. Toda a cena foi presenciada pela filha mais nova do ex-casal, de 8 anos. De acordo com o boletim de ocorrência, Fabiano teria desferido socos no rosto de Fernanda.

Nas redes sociais, Fernanda chegou a fazer uma denúncia pública: “Vamos lá, hoje o senhor Fabiano Oliveira (querido por todos, que tem um bom coração, que ajuda todo mundo) fez isso comigo gratuitamente. Eu nunca fui mulher de bagunça, nunca fui essas piranhas de porta de barraca pra esse infeliz me fazer passar por certas situações, sendo que já estamos separados há 2 anos. Sim, no começo da separação ficamos algumas vezes, tentei manter um bom convívio com ele, porque temos dois filhos… Fiquei num relacionando de abusos, agressões e traições e isso não é novidade para ninguém. Então, aos que o defendem, vão todos se fuder porque esse homem bom para vocês na rua sempre foi ruim para a família dele, inclusive hoje, me deu vários socos no rosto na frente da minha filha de 8 anos, e estou com risco de ficar sem um dos dentes da frente. Caso eu morra, ou aconteça algo comigo de novo, esse cidadão é o responsável! E ainda roubou o meu celular”, declara.

Uma relação marcada por agressões


No início de 2020, durante o Carnaval, Nathalia contou à coluna que acompanhou sua irmã à delegacia após Fabiano aparecer em uma festa em que Fernanda estava. Na ocasião, ele deu um soco que fez a moça desmaiar. O episódio não foi isolado e aconteceu em sequência de diferentes formas. Ainda de acordo com Nathalia, somam, no mínimo, três denúncias formais contra Fabiano. Em um dos episódios, ele chegou a ameaçar a ex-mulher com uma arma de fogo, que foi pedida busca e apreensão pela justiça.

Atualmente, Fernanda mora com a irmã, junto aos dois filhos (o mais velho de 14 anos e a caçula de 8 anos) que mantêm contato com o pai e fazem visitas recorrentes. Nathalia conta sobre as vezes que presenciou as ameaças e agressões de Fabiano contra a irmã.

Por Redação com Metrópoles