Carreta vinha de São José dos Campos em direção ao Rio

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreenderam na madrugada de hoje (9) no fundo falso de uma carreta Mercedes Benz, que trafegava pela rodovia Rio-São Paulo (BR-116), entrada da cidade de Piraí, interior do estado, com 405 quilos de cloridrato de cocaína, a forma pura da droga. O motorista ao avistar o carro da PRF jogou a carreta no acostamento e pulou do carro em movimento, entrando na mata, onde não foi localizado.

Ao vistoriarem o reboque da carreta, os policiais localizaram no fundo falso, dezenas tabletes da droga. A carreta vinha de São José dos Campos em direção ao Rio de Janeiro. Apesar de ter fugido, o motorista foi identificado por ter deixado cair à carteira com todos os documentos. O motorista, de 44 anos, é da cidade de Taubaté (SP).

Devido ao alto grau de pureza, a apreensão da droga representa um prejuízo financeiro de R$ 72,9 milhões ao crime organizado.

Operação Égide

A carreta e a droga foram encaminhadas à sede da Polícia Federal no Rio de Janeiro. A equipe da PRF faz parte da Operação Égide, iniciada em 1º de outubro de 2021, com a finalidade de atuar na repressão ao crime organizado nas rodovias federais fluminenses.

A ação foi desencadeada após análise e mapeamento dos principais pontos críticos do estado. As ações têm como principais objetivos o combate ao roubo de cargas, veículos e coletivos, e também ao tráfico de drogas e armas nas rodovias federais de acesso ao Rio de Janeiro.

Agência Brasil