Após a confusão na partida entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias Sul-Americanas, Lionel Messi e companhia deixaram o país acompanhados do embaixador argentino Daniel Scioli na noite deste domingo.

Segundo o próprio Daniel, sua presença foi para ”garantir que todos voltassem juntos” à Argentina.

”Acompanhando a seleção argentina. Já finalizando todos os trâmites no aeroporto de São Paulo para que possam regressar todos juntos ao país”, escreveu o embaixador em suas redes sociais.

Com cinco minutos de bola rolando para Brasil e Argentina, agentes da Anvisa entraram no gramado e paralisaram a partida. Quatro jogadores da seleção argentina teriam quebrado os protocolos de saúde do governo para entrar no Brasil.

Cristian Romero, Lo Celso, Emiliano Martínez e Buendía jogam em clubes ingleses e, segundo recomendação do governo brasileiro, todos os que vierem do Reino Unido em direção ao Brasil, devem passar por 14 dias de quarentena, não cumprida por estes atletas.

A Conmebol anunciou que a partida está oficialmente suspensa. Agora, os argentinos focam em seu próximo confronto pelas Eliminatórias. Na próxima quinta-feira, a Argentina encara a Bolívia em Buenos Aires.

Fonte: Gazeta Esportiva