O cirurgião plástico Klaus Brodbeck foi preso na última semana acusado de abusar sexualmente de várias pacientes em uma clínica de Porto Alegre. Ele é acusado, até o momento, por 95 mulheres. Apesar da prisão de Klaus Brodbeck, a namorada dele iniciou uma série de ameaças contras as vítimas.

Ela foi acionada na justiça e irá responder por coação, calúnia e difamação. As ameaças foram feitas através de vídeos em que ela publicou ofendendo das vítimas e prometendo vingança contra quem fizesse denúncia contra o cirurgião plástico.

A namorada de Brodbeck tem 25 anos e se relaciona com ele desde os 18 anos.

Brodbeck está preso desde o dia 13 de julho, uma das vítimas de estupro afirma que foi abusada enquanto estava sedada.

Após a divulgação dos vídeos, algumas mulheres desmarcaram os depoimentos à polícia.

“Pedimos que as vítimas continuem denunciando e confiem em nós, porque estamos fazendo um trabalho de escuta de mulheres que, depois de muitos anos sofrendo esse tipo de violência, encontraram sua voz e contaram o que aconteceu”, disse a delegada Jeiselaure Rocha de Souza, responsável pelo caso.

jaenoticia