Em um dos estabelecimentos a bomba de óleo diesel registrava mais combustível do que o efetivamente abastecido

O delegado Arthur César, titular da delegacia de Teotônio Vilela, comandou durante dois dias uma operação que teve o objetivo de coibir a venda irregular de combustíveis em postos daquela cidade.

Segundo o delegado, na quarta-feira (4), três postos foram visitados, em dois deles foram encontradas irregularidades.

No primeiro, havia 35% de álcool na gasolina, quando o tolerado é 28%. No segundo, a bomba de óleo diesel estava registrando mais combustível do que o efetivamente abastecido.

Os proprietários dos dois postos foram presos pelo crime previsto no 1º, inciso I, da Lei 8176/91.

Na quinta-feira (5), outros quatro postos foram vistoriados, mas não foram encontradas irregularidades. A operação contou com o suporte técnico da ANP – Agência Nacional do Petróleo.

Fonte Com PC/AL