Conforme dados do eleitorado dos municípios de Belém e Jundiá, essas duas cidades apresentam um maior número de eleitores aptos a votar do que o número de habitantes. O dado somente foi possível com um cruzamento entre entre dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Em Jundiá o número de eleitores é de 4.322 enquanto a população é de 4.137. Mas o maior número mesmo fica na cidade de Belém, que tem um excedente de mais de 500 eleitores. Na cidade tem 4.836 eleitores e 4.284 moradores. 

Em Alagoas, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que 2.219.318 eleitores estão aptos a votar. De 2018 até este ano, o eleitorado local cresceu aproximadamente 1,43%. Nos 102 municípios alagoanos, apenas 128 eleitores solicitaram a inclusão do nome social e 12.495 informaram possuir algum tipo de deficiência física.

Perfil do Eleitorado 

A maioria do eleitorado é composta por mulheres (1.182.758), representando 53,3%. Os homens somam 1.036.590 eleitores, sendo 46,7% do quantitativo total de eleitores. Deste número, em relação ao estado civil, 65.5% são solteiros, 29.5% são casados, 2,12% são viúvos, 2,26% divorciados e apenas 0,64% são separados judicialmente.


Em relação ao grau de instrução, a maioria do eleitorado alagoano possui o ensino fundamental incompleto, totalizando 590.856 eleitores (26,62%). Cerca de 18,33% dos eleitores têm o ensino médio completo (406.852), 15,99% o ensino médio incompleto (354.852), 13,26% apenas lê e escreve (294.363) e 11,3% dos eleitores são analfabetos (250.813). As menores parcelas do eleitorado possuem nível superior completo (5,89%), representando 130.796 eleitores, 4,46% possuem ensino fundamental completo (98.882) e 4,14% superior incompleto (91.904).
As estatísticas também demonstram que a maior parte do eleitorado alagoano tem entre 30 e 34 anos (11,46% – 254.262 eleitores) e 2,6% têm entre 16 e 18 anos (57.910 eleitores). Entre os eleitores idosos, 607 entre 95 e 99 anos (0,03%), 2.498 entre 90 e 94 anos (0,11%), 8.171 entre 85 e 89 anos (0,37%), 21.163 entre 80 a 84 anos (0,95%), 40.082 entre 75 a 79 anos (1,90%) e 67.781 entre 70 e 74 anos (3,05%). Esses números demonstram que 6,41% dos alagoanos estão acima dos 70 anos e estão facultados a votar.

*Com informações do TRE/AL