Delegado Lucimério Campos afirmou que vai pedir a prorrogação do inquérito policial

PF e Deic passam a investigar homicídio de empresário Kleber Malaquias

A partir de agora, a Polícia Federal (PF) e a Divisão Especial de Investigação e Capturas (DEIC) também passam a investigar o homicídio do empresário Kleber Malaquias, ocorrido na semana passada, dentro de um bar em Rio Largo, região metropolitana de Maceió.

O delegado da Polícia Civil (PC) Lucimério Campos, responsável pela investigação, adiantou que vai pedir a prorrogação do inquérito policial, que, inicialmente, duraria 30 dias.

“É um crime complexo e, provavelmente, eu não consiga fechá-lo no primeiro mês”, afirmou.

À Gazetaweb, o delegado havia dito que o assassinato do líder comunitário e empresário tinha muitos suspeitos. Desde que o homicídio aconteceu, o delegado não passa mais detalhes do caso para não atrapalhar a investigação.

Gazetaweb