Taxa de ocupação total na capital alagoana é de 78% e no interior é de 81%  

Oito leitos de UTI Pediátrica estão ocupados 

Todos os 44 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) disponibilizados no Hospital da Mulher para pacientes com suspeita ou confirmações do novo coronavírus (Covid-19) estão ocupados – lotação de 100%. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (4), pela Central Estadual de Regulação.

Ainda de acordo com os dados, dos 50 leitos Clínicos, 36 encontram-se preenchidos, correspondendo a 72% do total. Além disso, oito dos 10 leitos de UTI Pediátrica estão ocupados, o que representa 80% do total.

De acordo com a infectologista e gerente médica do Hospital da Mulher, Sarah Dominique, explicou que, quando a unidade de saúde chega a 100% da ocupação de UTIs, um plano de contingência deve ser colocado em prática. 

“A preocupação é muito grande, porque a taxa da semi-intensiva varia de 80 a 98% também, semana a semana, onde há pacientes que precisam de uma grande vigilância, em virtude de eles demandarem de leitos de UTI”, disse.

Já o coordenador médico do Centro de Terapia Intensiva Covid-19 do Hospital da Mulher, Luiz Guilherme de Almeida, frisou que o risco de manter um paciente esperando por uma vaga na UTI aumenta caso não haja leitos disponíveis. 

“Reforçamos o apelo de que as pessoas devem manter o distanciamento social e, em caso de necessidade de sair de casa, usem máscara e tomem todos os cuidados de higiene”, orientou.

Até as 11h desta quinta (4), 683 dos 1.051 leitos criados para tratar pacientes com Covid-19 estavam ocupados – 65% do total. Em relação às vagas de UTI, a taxa de ocupação é de 78% na capital e 81% no interior. 

Gazetaweb