O  presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Luís Roberto Barroso, disse em uma live promovida pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), que há “risco real” do adiamento das eleições municipais deste ano, em razão da pandemia da Covid-19.

“Por minha vontade, nada seria modificado, porque as eleições são um rito vital para a democracia. Portanto, o ideal seria nós podermos realizar as eleições. Porém, há um risco real, e, a esta altura, indisfarçável, de que se possa vir a ter que adiá-las.”

Se o pleito não puder mesmo ser realizado em outubro, Barroso acredita que teria de ser feito “em poucas semanas, ou no máximo em dezembro, para não haver risco de se ter que prorrogar mandatos”.

cadaminuto