As cidades ribeirinhas do São Francisco estão com risco de alagamento devido ao aumento na vasão da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (CHESF), a partir desta quarta-feira, 01.

De acordo com o comunicado, houve aumento significativo no volume de água do reservatório de Sobradinho, que já atingiu 60% de sua cota de armazenamento. E por isso, a vasão da Usina Hidro Elétrica Xingó terá a vasão aumentada de 550 metros cúbicos por segundo para 1100 metros cúbicos por segundo.

A quantidade de vasão de 1100 metros cúbicos por segundo pode aumentar, dependendo do volume de água no Hidro Elétrica de Xingó. “Neste sentido, evidencia-se fortemente a importância da não ocupação de áreas ribeirinhas situadas na calha principal do rio”.

jaenoticia