Uma mulher foragida da Justiça do Estado da Bahia foi presa na tarde desta quinta-feira (19), em uma residência no Conjunto Francisco Tavares Granja, na Mata do Rolo, município de Rio Largo, Região Metropolitana de Maceió. Ela é acusada de assassinar uma menina de 8 anos e jogar o corpo em uma fossa. A informação foi confirmada pelo 12º Departamento de Polícia (DP).

Segundo informações policiais, Maria de Fátima de Souza, 51 anos, foi localizada e detida após uma denúncia anônima. Os militares cumpriram um mandado de prisão que estava em aberto. A mulher estava morando em Alagoas e o marido ficou surpreso com a prisão.

Conforme as investigações, o crime aconteceu em março de 2012, em Lapão, no interior da Bahia. Fátima teria convidado a criança para comer brigadeiro em sua residência. A meninas estudava com uma das filhas da acusada.

Ainda segundo os autos, após a criança entrar na sua casa, Fátima pediu para a filha entregar uns documentos na casa de um vizinho e praticou o crime ao ficar sozinha com a vítima.

A criança, identificada como Júlia Lima Rodrigues de Souza, 8 anos, é filha de um vereador da cidade. O corpo da menina foi encontrado quatro dias depois, enterrado em uma fossa, no quintal da residência de Fátima, com um saco na cabeça e marcas de enforcamento. A mulher nega a autoria do assassinato.

 Após a prisão em Alagoas, nesta quinta-feira, Fátima foi conduzida para a Central de Flagrantes, no bairro do Farol, em Maceió, onde permanece a disposição da Justiça e aguarda a transferência para a Bahia.


cadaminuto