A disputa eleitoral em Marechal tem na união do PDT e PTB uma forte articulação para a próxima disputa eleitoral.

reunião do partido PDT com Junior Damaso

Uma reunião ocorrida na noite desta quinta-feira (16), na residência de Decele Dâmaso, no povoado Francês, o PDT, sob a liderança de Junior Dâmaso e tendo como convidado o engenheiro Ronaldo Lessa, reuniu personalidades de destaque no mundo político deodorense.

Se fizeram presente lideranças e figuras expressivas que pretendem disputar ao pleito, dirigentes de partidos políticos, como o ex-governador de Alagoas e pré-candidato à prefeitura de Maceió, engenheiro Ronaldo Lessa.

Reunindo trinta pré-candidatos às vagas de vereadores, formando um grupo de oposição consolidado, o partido oferece grandes chances de vitória aos participantes. Entre os pretensos candidatos não se encontra nenhum vereador de mandato, tornando as chances mais amplas aos novos.

O presidente estadual do PDT reafirmou total apoio ao pré-candidato Junior Dâmaso (PTB) em terras deodorense. “Sei da importância de elegermos vereadores pelo PDT em Marechal Deodoro. Mas, não devemos deixar de lado o compromisso de também eleger o Júnior. Entendemos que quando uma gestão não está funcionando bem, se faz necessário mudar para o novo. E o novo hoje em Marechal, é o nome de Júnior Dâmaso”. – declara Ronaldo Lessa.

Junior em sua fala disse que a cidade precisa voltar a ser dos deodorenses. “Todos aqui presentes nessa reunião vem demonstrando comprometimento com o nosso povo. Não podemos deixar que a nossa querida cidade, continue esquecida. Esse grupo de oposição será responsável pelos avanços do município. Somos pré-candidatos e estamos no caminho certo. Marechal precisa voltar a ser dos deodorenses”.

O que se comenta hoje é a realização dessa reunião e a consolidação desse acordo fechado em 2019, quando o PDT fechou acordo com Júnior Dâmaso, descartando qualquer possibilidade de marchar com outros pretendentes à vaga majoritária em Marechal Deodoro.

O apoio do PDT oficializado na noite de ontem tem se espalhado pelos povoados e canais despertando em figuras da velha política, o interesse de conquistar o partido para retornar ao poder, uma vez que, o grupo tem grandes chances de eleger no mínimo dois vereadores.

É bom relembrar que Junior Dâmaso, nas eleições de 2016, obteve praticamente metade dos votos válidos no município e muitos deodorenses ainda guardam o grito de vitória no peito, que ficou contido por um resultado de apenas oito votos de diferença para o atual prefeito.