Em entrevista ao site Estadão sobre o caso dos bairros que estão com rachaduras e afundamentos, o prefeito de Maceió, Rui Palmeira (PSDB) disse que “tem a esperança de que não vai ser necessário evacuar toda a região”. Segundo o prefeito, “não tem área para levar todas as pessoas, não tem casa suficiente, não tem estrutura para isso”.

Rui enfatizou que o problema é muito sério e que não se vê uma solução em curto prazo no horizonte. “Há a incerteza de saber se vai ser possível ou não voltar a morar no local. Isso afeta totalmente a população, é a questão mais grave”.

Questionado sobre a remoção das pessoas, Palmeira disse que não encara que toda área precise ser evacuada. “Vamos, paulatinamente, fazendo as remoções quando for necessário. Montamos um sismógrafo para acompanhar a situação na região e estamos acatando as recomendações que vêm da Defesa Civil Nacional”, comentou o gestor.

Por fim, Rui reforçou que a Procuradoria-Geral do Município está trabalhando com a equipe jurídica para as indenizações. “Não é justo que a população pague. A causadora do dano terá de pagar”.

 

*Estadão