Três vezes prefeito da terra do Bagre, deputado federal e uma liderança consolidada no município, Carlos Alberto Canuto volta à cena política para a final da trilogia com Renato Filho, seu sobrinho de sangue.

Os dois se enfrentaram nas duas últimas eleições. Renato Filho havia assumido a prefeitura no último ano, após renúncia de Oziel Barros, e perdeu por menos de 400 votos. Em 2016, foi a vez de Renato tirar o tio da cadeira de prefeito.

Por conta da política Carlos Alberto e Renato Filho viraram mais que rivais, mas o sangue falou mais alto e a família conseguiu apagar as arestas pessoais. Isso não quer dizer que os dois não possam se enfrentar novamente.

Principal nome da oposição, Carlos Alberto, que é filiado ao MDB, voltou a circular pela cidade e não esconde o desejo da disputa, mesmo sabendo que seu rival é o prefeito com melhor avaliação popular e com ligações estreitas com o governador Renan Filho.

Está aí um duelo bom de acompanhar. Cada um tem uma vitória e será a vez de saber que é o verdadeiro líder do povo pilarense.