Partindo da premissa que diz: uma coisa é uma coisaoutra coisa é outra coisa, a Braskem retomará suas atividades a todo vapor a partir de março de 2020.

O que significa uma coisa?
A problemática que envolve a extração do sal-gema dos poços no Mutange é uma situação que certamente será resolvida. Quando e de que maneira é o que não se sabe, mas o fato da mineradora permanecer em atividade na capital é um bom sinal para as milhares de famílias atingidas no Pinheiro, Mutange, Bebedouro e Bom Parto.

E a outra coisa?
Significa a manutenção de milhares de empregos e receita para a capital. Sem falar que a nova metodologia que será aplicada não tem o mínimo de risco para a produção na fábrica instalada no Pontal. A matéria-prima virá de Macau (RN) e a logística será do porto até a nova plataforma, que está sendo construída dentro do terreno da Braskem.

Sem risco e com os empregos mantidos, não há como ser contra a presença da Braskem em Alagoas. Quanto à antiga problemática os governos e a mineradora precisam agir como a mesma velocidade para indenizar as famílias atingidas pelo modelo já em desuso.