A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou nesta quinta-feira (5) a suspensão da venda de 39 planos de saúde de 12 operadoras, a partir do dia 9 de dezembro, em função de reclamações recebidas de consumidores.

Os planos atingidos pela suspensão atendem atualmente cerca de 1,4 milhão de beneficiários, que continuarão a ter assistência regular garantida, segundo a agência.

A ANS disponibiliza em seu site a lista de planos com comercialização suspensa. Na página da agência também é possível conferir a avaliação de cada uma das empresas do mercado. Clique aqui para fazer a consulta.

A medida é temporária e um resultado do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, realizado a cada três meses pela ANS. Os planos suspensos só poderão voltar a ser comercializados quando forem comprovadas melhorias. O monitoramento avalia as operadoras a partir das denúncias sobre descumprimento dos prazos máximos para realização de consultas, exames e cirurgias ou sobre negativa de cobertura assistencial.

Paralelamente à suspensão anunciada nesta sexta, a agência liberou a comercialização de 11 planos de saúde de 7 operadoras que haviam sido suspensos em ciclos anteriores.

 

Fonte: G1