FATOS&FUTRYKAS 06/2019

SUCESSÃO MUNICIPAL COMEÇA A ESQUENTAR

Como já divulgamos, a Futrykada já comenta a existência de nove a dez candidatos a prefeito de Marechal, a saber: Bocão, Jorge Mello, os irmãos Nelson Ned, Neilson Giro e o Neu, Neilton Costa, Paulino Lopes, Christiano Matheus, Carlos Roberts, Devis Glinger, o que vem sendo citado em enquetes não oficiais como preferido, Júnior Dâmaso e, como não poderia deixar de ser, o candidato à reeleição Cacau.

No meio dessa enxurrada de pretensos, surge uma guerra de informações, algumas verídicas, outras suspeitas e/ou maldosas inverdades que já se espalham pela boca miúda e pelas redes sociais, buscando denegrir as imagens dos adversários para se sobressaírem os menos cotados.

Muitos são os boatos caluniosos que até tentam enlamear a conduta de pessoas sabidamente ilibadas e que vem sendo criados por mentes doentias e tremendamente envolvidas em atos não muito condizentes com a probidade política.

ALVO DE MALDOSOS

Inverdades, calúnias e boatos maldosos só são lançados em quem oferece perigo aos adversários. Pela terceira vez em sua trajetória política, Júnior Dâmaso sofre com os boatos que tentam, no mínimo, descredenciar sua candidatura.

Já tendo sido identificada a sua origem, Dâmaso reafirma que seu compromisso com o povo deodorense, deixando claro que vai “continuar acreditando na força do povo, pois, se Deus e o eleitor quiserem, esse “LISO”, como afirmam os compradores votos, vencerá as eleições de 2020″.

GUARDAS MUNICIPAIS RECEBEM MOÇÃO DE APOIO

Imagem de arquivo

Esses guardas municipais e agentes de trânsito trabalham muito mesmo, e, “na maior parte das vezes são interpretados como carrascos, mas, na verdade, eles só recebem ordens superiores para exercerem tais tarefas.” – afirmou Luo Gomes em um grupo de WhatsApp. “Eles têm todo meu apoio pois são trabalhadores guerreiros. Que eles tenham reajuste salarial padrão e condições saudáveis de trabalho! E que ninguém venha discriminá-los por cumprir as ordens!” – complementou Luo.

A missão de um fiscal é árdua e rejeitada, principalmente por quem não gosta de ser cumpridor da legislação. Os agentes de trânsito, sejam de onde forem, merecem respeito e que sejam retribuídos com salários dignos, correspondentes à função que desempenham.

ENFIM A INICIATIVA DE CONCURSO

O prefeito de Marechal Deodoro, Cláudio Filho Cacau, encaminhou à Câmara Municipal, na tarde da última quarta-feira (16), o Projeto de Lei de nº 35/2017 que trata sobre o concurso público do município de Marechal. Ao todo, serão 288 vagas para cargos de nível médio e superior, que vão atender às demandas das secretarias e autarquias do município.

A realização do concurso vem sendo esperada e até cobrada há bastante tempo pela população. A carência de pessoal, sentida por todos, pode ser sanada em parte e até vir regularizar a leva de contratados e comissionados que hoje atuam de maneira irregular ocupando cargos que poderiam e deveriam ser ocupadas por concursados.

O Projeto de Lei foi entregue ao presidente da Câmara, André Luiz, o André Bocão , e seguirá para apreciação do Poder Legislativo de Marechal Deodoro.