Adolescente baleado em escola de Igaci está consciente e se recuperando após cirurgia

Tentativa de homicídio em escola de Igaci

O adolescente R.D.S., de 15 anos, baleado por outro aluno, na manhã desta quinta-feira, 18, na Escola Coité das Pinhas, em Igaci, no Agreste do estado, está consciente e se recupera bem após ser submetido a procedimento cirúrgico no Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca.

O menor foi socorrido e levado às pressas para a unidade médica após ser atingido por cinco tiros na região cervical, tórax, abdome, membro superior direito e membro superior esquerdo. Apesar da quantidade de ferimentos, a vítima deu entrada consciente, orientada e em situação estável.

Além da cirurgia, ele foi submetido também a tomografia computadorizada cervical, de tórax e de abdome.

Veja nota na íntegra:

O adolescente R.D.S, de 15 anos, vítima de disparos de arma de fogo na manhã desta quinta-feira (18), em Igaci, encontra-se em recuperação na enfermaria do Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca, consciente e com os sinais vitais estáveis.

O estudante foi atingido por cinco tiros, em diferentes partes do corpo, incluindo região cervical, tórax e membros superiores. Após ser socorrido, ele foi submetido a procedimentos médicos de emergência e passou por cirurgia.

Sobre o caso

Na manhã desta quinta-feira, 18, um adolescente de 16 anos, estudante da Escola Coité das Pinhas, em Igaci, no Agreste do estado, levou um revólver calibre 38 para a unidade, chamou a vítima, de 15 anos na porta da sala e disparou diversas vezes contra ele.

Houve correria e desespero. O alvo do atirador foi atingido pelo menos cinco vezes, mas brevemente socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu).

Já o autor foi detido por um Tenente da Reserva até a chegada de militares do 10º BPM que realizaram sua apreensão e o encaminharam para a delegacia do município para esclarecimentos.

Ele teria informado que a motivação do ato infracional foi o relacionamento mantido entra a vítima e sua ex-namorada, que não foi identificada. Ele alegou ainda que o jovem atingido “dava em cima” da garota enquanto ainda estavam juntos.

A arma usada no crime também foi localizada, com seis munições deflagradas, nove intactas e três pinadas, e entregue às autoridades policiais.

Fonte : AL24HS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *