Vin Diesel é processado por agressão sexual

A ex-assistente de Vin Diesel abriu um processo contra o ator por agressão sexual após trabalhar com ele em Velozes e Furiosos 5.

Uma ex-assistente de Vin Diesel abriu um processo contra o ator por agressão sexual. A mulher, identificada como Asta Jonasson, trabalhou com ele 2010, durante as gravações de Velozes e Furiosos 5, e afirmou que ter sido abusada na época.

De acordo com documentos obtidos pelo TMZ, Asta relatou que estava na suíte do ator no hotel St. Regis, em Atlanta, enquanto ele recebeu diversas mulheres. Quando a última saiu, ela ficou responsável de levar o artista para fora do espaço sem passar pelos fotógrafos.

Entretanto, quando tentou executar o trabalho, ela afirmou que Vin Diesel a agarrou à força, colocou a mão no peito dela e a beijou. A suposta vítima garantiu que tentou lutar para se libertar, mas a estrela de cinema continuou a forçar o abuso.

Ele teria levantado o vestido que ela usava, tentado puxar a calcinha dela para baixo e a prendido contra uma parede. No momento, ele abaixou o short e também levou à mão de Asta Jonasson ao pênis dele, que estava ereto.

Em seguida, Vin Diesel teria se masturbado, enquanto ela ficava de olhos fechados. Ao ejacular, ele colocou a cueca e disse: “Ninguém pode dizer nada sobre isso, Asta”. Por fim, saiu do ambiente.

Ainda segundo o TMZ, ela teria sido demitida pela irmã de Vin Diesel horas depois da suposta agressão sexual. Ela explicou que teve medo da influência do artista em Hollywood e, por isso, se manteve calada até agora, mas que se sentiu fortalecida pelo movimento #MeToo.

Assédio de Vin Diesel no Brasil

Vale lembrar que o ator assediou a youtuber Carol Moreira em 2016, quando conversou com ela durante uma viagem a São Paulo para a Comic Con Expediente. Na ocasião, ele intrrompeu a entrevista de 10 minutos três vezes e disse frases como “Você é tão bonita”, “Vamos sair daqui, vamos almoçar”, “Eu te amo”, “Estou apaixonado pela entrevistadora” e “Ela é muito sexy”.

metropoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *