Vereador é preso suspeito de tentar matar morador de assentamento

Vítima mora no assentamento agroextrativista Acangatá, no Pará. Polícia Civil investiga o envolvimento do vereador e de outro homem no crime

Foto colorida de vereador preso por tentativa de assassinato no Pará - Metrópoles

Polícia Civil do Pará prendeu em flagrante um vereador de Portel, no Marajó, suspeito de tentar matar o morador de um assentamento. A vítima foi encaminhada para um hospital da região depois de ser atingida por tiros.

“O vereador Valdeniz Santos da Costa foi preso em flagrante pelo crime de tentativa de homicídio“, informou a Polícia Civil à Rede Liberal.

A tentativa de assassinato ocorreu nessa terça-feira (26/9) no assentamento agroextrativista Acangatá. A vítima teria sido abordada na sua própria casa pelo político e outro homem.

No local do crime, o morador teria discutido com os dois suspeitos, e o vereador então teria dado um “mata-leão” na vítima. O homem fugiu da dupla, mas acabou sendo atingido por tiros, um deles nas costas.

Apesar dos ferimentos, o estado de saúde do morador é estável. A vítima foi encaminhada para um hospital na região do Marajó, na cidade de Breves, onde deve passar por uma cirurgia para retirada das balas.

A Polícia Civil investiga o caso.

Metrópoles entrou em contato com a Câmara de Vereadores de Portel sobre o caso, mas não obteve retorno. O espaço segue aberto.

Fonte: Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *