Trabalhadores dos Correios decidem encerrar greve

O trabalho será retomado na próxima segunda-feira, 9

Os trabalhadores dos Correios decidiram encerrar, nesta quinta-feira, 5, a greve da categoria que durou 16 dias. A decisão foi tomada depois de uma assembléia na qual os trabalhadores avaliaram o acordo de convenção coletiva proposto pelo Tribunal Superior do Trabalho no final da tarde de ontem (4).

De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios, Altanes Holanda, o grupo aceitou a proposta e definiu que a retomada dos trabalhos se dará somente na próxima segunda-feira, 8, quando estarão de volta aos seus estados, os sindicalistas que participaram de um ato em Brasília.

Holanda explicou que o ministro Emmanoel Pereira, o mesmo que havia considerado a greve abusiva, ofereceu reajuste de 2,07% (INPC) retroativo ao mês de agostos deste ano, tanto no salário, quanto nos benefícios. O presidente destacou, no entanto, que a grande vitória da categoria foi ter conseguido manter os benefícios que a Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) estava retirando dos trabalhadores, a exemplo do plano de saúde. “Para nós já é uma grande vitória não ter perdas salariais e manter os benefícios inalterados”, disse.

O sindicalista disse ainda que depois da audiência, o ministro teria reconhecido que se equivocou ao considerar a greve abusiva e fez uma proposta que beneficiou os trabalhadores. “Nós também buscamos ponderar nas nossas decisões porque entendemos que a população é a mais prejudicada e não é isso que queremos”, concluiu.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *