Estudo aponta bairros mais violentos da capital alagoana

Primeira reunião do Comitê Estadual de Prevenção da Violência aconteceu nesta terça-feira (12)Primeira reunião do Comitê Estadual de Prevenção da Violência aconteceu nesta terça-feira (12)Benedito Bentes, Cidade Universitária, Jacintinho, Clima Bom, Tabuleiro do Martins, Vergel do Lago e Levada foram apontados com os bairros com maior número de crimes de homicídio de Maceió. Os dados fazem parte de um estudo realizado em uma parceria entre as Secretarias de Prevenção à Violência (Seprev), Segurança Pública (SSP), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal) e a Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

Segundo a pesquisa, realizada de 2012 até 2015, o número de homicídios registrados nos bairros citados resultam em uma média de 50% do total dos crimes em Maceió. O bairro da Levada aparece apenas no relatório do ano passado, substituindo o Vergel do Lago.

No ano de 2012, o bairro com maior número de homicídios foi o Jacintinho, com 92 crimes, seguido por Cidade Universitária (85); Benedito Bentes (75); Tabuleiro do Martins (67); Vergel do Lago (55) e Clima Bom (39); totalizando 51,30% do acumulado do ano.

Em 2013, os números registrados foram: Jacintinho (89 homicídios); Cidade Universitária (82); Benedito Bentes (76); Tabuleiro do Martins (66); Vergel do Lago (54) e Clima Bom (47); totalizando 50%.

No ano de 2014, o Benedito Bentes registrou 84 homicídios; o Jacintinho (80); Cidade Universitária (66); Clima Bom (50); Tabuleiro do Martins (47) e o Vergel do Lago registrou 33, somando 49,05%.

O último ano de estudo foi 2015, onde somente o bairro do Vergel do Lago não ficou entre os seis primeiros, dando lugar ao bairro da Levada. Sendo assim, Benedito Bentes registrou 57 crimes de homicídio; Cidade Universitária (54); Jacintinho (49); Clima Bom (39); Tabuleiro do Martins (23) e Levada (15), somando 51,08% do total de 464 homicídios registrados no ano passado.

Combate à Violência

Para tentar combater a criminalidade e reduzir a violência nestes bairros, a Governo iniciou nesta terça-feira (12) as atividades do Comitê Estadual de Prevenção da Violência. Esse Comitê, formado por integrantes de todas as secretarias estaduais, Polícia Civil e Polícia Militar irá trabalhar de forma integrada na criação e implantação de políticas públicas nos seis bairros considerados mais violentos de Maceió.
Primeira reunião do Comitê Estadual de Prevenção da Violência aconteceu nesta terça-feira (12)

“O comitê vai trabalhar de forma conjunta, na construção de uma agenda integrada em que todas as secretarias atuarão na prevenção da violência. A ideia é trabalhar políticas públicas com base no diagnóstico resultante do estudo realizado pela Seprev, Segurança Pública, Ufal e Fapeal”, explicou o secretário do Gabinete Civil, Fábio Farias.

O secretário de Prevenção da Violência, secretaria Executiva do Comitê, Jardel Aderico, disse que o projeto foi dividido em três etapas. “A primeiro foi a busca dos dados. Este estudo serviu para identificar os territórios onde tem mais registros de violência. Na segunda etapa foram realizados os fóruns locais, onde a comunidade foi ouvia. A última etapa é a construção das ferramentas de interlocução para a construção das políticas públicas de prevenção da violência, que é o que estamos iniciando hoje”, explicou o secretário.

As reuniões do comitê irão acontecer mensalmente. As atividades as serem desenvolvidas pelas secretarias nos bairros selecionados serão apresentadas nas próximas reuniões.

fonte:Alagoas24horas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *