Polícia prende 11 acusados de tráfico de drogas em Viçosa

Os acusados foram apresentados à imprensa

Os acusados foram apresentados à imprensa

Após uma mega operação deflagrada nas primeiras horas desta sexta-feria, 10, na cidade de Viçosa, a Cúpula de Segurança Pública de Alagoas apresentou, nesta tarde, os 11 acusados de integrar bandos responsáveis pelo tráfico de drogas na região.

Aos jornalistas, o delegado Ronilson Medeiros, gerente da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), informou que os acusados fazem parte de grupos distintos especializados no tráfico de drogas em Viçosa. A Polícia Civil investiga ainda se existe relação entre as quadrilhas criminosas.

“As equipes da Asfixia iniciaram as investigações há dois meses após Viçosa ficar entre as 10 cidades com maior índice de criminalidade. Foram expedidos 24 mandados de prisão e busca e apreensão, mas devido à greve da Polícia Civil a operação não foi deflagrada antes e alguns alvos não foram localizados”, explicou o delegado.

De acordo com a Polícia Civil, dos 11 detidos, nove foram presos em cumprimento aos mandados de prisão e dois, identificados como Maygor da Silva Dantas, 26, e José Edson da Silva Lima, 49, o Setecentos, em flagrante com uma arma de fogo, um veículo adulterado, cheques, promissórias e dinheiro. Além de ser preso com uma motocicleta adulterada, José Edson seria financiador de uma das quadrilhas e agiota.

Ronilson Medeiros informou ainda que os acusados atuavam em quatro localidade do Centro de Viçosa e são responsáveis por diversos crimes na cidade.

Izabelle Targino/Alagoas 24 HorasOs acusados foram apresentados à imprensa

Os acusados foram apresentados à imprensa

Além de Maygor Dantas e José Edson, foram presos Maciel da Silva Dantas, 30, Antônio Lucas da Silva, o Didi, de 24 anos, Manoel Anderson Ferreira da Silva, Andinho, 21, Willames da Silva Torres, o Jiboia, 20, Jeferson Feliciano da Silva, 22, Amanda Rafaela Barros da Conceição Silva, 26, Saulo José da Silva Lima, 22, Maria Josete Paulino, 49, e Ailton Pereira de Oliveira, 59.

Ainda nesta tarde, os acusados foram encaminhados ao sistema prisional, na parte alta de Maceió. Eles irão cumprir pena por tráfico de drogas e associação ao tráfico.

Os mandados de prisão expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital foram cumpridos por equipes da Policia Judiciária-2, da Deic,  do Batalhão de Radiopatrulha, do Bope, da Asfixia, da  Oplit e do Tigre.

Defesa
O advogado de um dos acusados emitiu nota negando que seu cliente tenha qualquer envolvimento nos crimes de que é acusado. Leia nota na íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Produtor rural preso em Viçosa não tem relação com grupos criminosos, diz advogado

Vilaça Neto, advogado de defesa do produtor rural Ailton Oliveira, preso em Viçosa, esclarece que o mandado de prisão temporária é genérico, não aponta qualquer envolvimento do cliente dele com grupos criminosos que agem em Viçosa.

O advogado destaca que a busca e apreensão realizada nos imóveis pertencentes a Ailton Oliveira nada encontrou de irregular. Ciente da inocência do produtor rural, Vilaça Neto informou que já ingressou com um habeas corpus junto ao Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) com pedido de liminar para que Ailton Oliveira possa se defender das acusações infundadas em liberdade.

“Todos sabem em Viçosa que Ailton Oliveira não tem ligação com esses grupos criminosos, pelo contrário, é um cidadão preocupado com o bem-estar da cidade onde mora e nunca deu entrada na polícia, acusado de qualquer crime”, finalizou o advogado.

fonte:Alagoas 24 Horas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *