Em Maceió, Temer defende candidatura própria do PMDB à Presidência em 2018

csm_IMG_1139_be892bbb09O vice-presidente da República e presidente nacional do PMDB, Michel Temer, veio a Maceió, nesta quinta-feira (3), incentivar a filiação ao partido e reforçar a mobilização da legenda no Estado. Acompanhado do presidente do Senado, Renan Calheiros e do governador de Alagoas, Renan Filho, ele defendeu o protagonismo do PMDB em 2018, com candidatura singular à Presidência.

Perguntado sobre a possibilidade de ser o candidato, Temer destacou o outras possibilidades. “Temos vários nomes”, disse.

Sobre as denúncias do senador Delcídio do Amaral, o vice-presidente saiu pela tangente. “Ainda li a matéria. O que eu disser aqui seria especulação”, disse.

O governador Renan Filho disse que o partido está disposto a apoiar Michel Temer em torno dos temas nacionais. “Vamos apoiá-lo em nome da unidade do partido. A gente quer um partido forte para que a gente possa pensar numa candidatura própria em 2018. Eu particularmente defendo essa ideia” – disse o governador.

O presidente do Senado, Renan Calheiros, também defendeu a unidade do partido e o lançamento de uma candidatura para 2018. “Nós estamos fortalecendo o partido e a aproximação das correntes, nesse momento de grave crise nacional. Temos apontado saídas. Neste momento, o ideal é a unidade” – afirmou.

O auditório de um hotel, em Cruz das Almas, ficou lotado por correligionários do PMDB de todo o Estado.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *