Acidente com ônibus na Linha Amarela deixa cinco mortos

2015-873956508-73898ca6-a909-4ca9-a58a-6979f918528e.jpg_20151213

RIO – Cinco pessoas morreram e ao menos 35 ficaram feridas em um grave acidente na Linha Amarela, na tarde deste domingo. De acordo com a Lamsa, concessionária que administra a via, um ônibus bateu na saída de um túnel, próximo à saída da Avenida Geremário Dantas, no sentido Barra da Tijuca. O acidente ocorreu na altura da Freguesia, às 11h41.

Veículos de resgate da concessionária e do Corpo de Bombeiros foram para o local. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, os feridos foram levados para os hospitais municipais Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, e Miguel Couto, na Gávea. Pelo menos 24 pessoas estão sendo atendidas neste momento no Lourenço Jorge. Destas, ao menos 12 sofreram apenas ferimentos leves.

O ônibus da Viação Redentor operava na linha 348 (Riocentro X Castelo, via Linha Amarela) e seguia em direção a Jacarepaguá no momento do acidente, transportando uma grande quantidade de passageiros. Ainda não há informações sobre o que teria causado o acidente até este momento.

Por conta da batida, a pista sentido Barra da Tijuca da Linha Amarela chegou a ser totalmente interditada, e uma faixa reversível foi montada entre a Ilha do Fundão e a Saída 1B, na Freguesia. De acordo com Lamsa, as vias foram liberadas por volta das 14h.

ÔNIBUS ESTARIA EM ALTA VELOCIDADE

A estudante Isadora Avelino, de 26 anos, era uma das passageiras do ônibus. Ela estava sentada em um banco do lado esquerdo, ponto oposto da colisão do veículo. Isadora bateu com o maxilar no ferro do banco e teve um corte no lábio, comprometendo dois dentes e perdendo um. Após a liberação no Hospital Municipal Lourenço Jorge, por volta das 16h30, a estudante contou que houve aumento na velocidade do veículo momentos antes da colisão:

– Durante o caminho o ônibus estava velocidade normal, mas, dentro do túnel, ficou bem rápido. Depois da batida, tentei entender o que estava acontecendo, como os outros passageiros.

O consórcio Transcarioca, em nota enviada na tarde deste domingo ao GLOBO, lamentou “o acidente que ocorreu na manhã deste domingo com um ônibus da linha 352 (Castelo-Riocentro), na Linha Amarela”. O texto acrescenta informou que o “consórcio se solidariza com as famílias das vítimas e se dispõe a prestar todo o apoio neste difícil momento”.

Ainda segundo a nota, “o Transcarioca está mobilizado para ajudar as autoridades a esclarecer as causas do acidente e vai fornecer à Polícia Civil todas as informações necessárias para a investigação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *