quarta-feira, 18 de setembro de 2019
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3

Em jogo emocionante, CSA marca nos acréscimos e empata com o Cruzeiro no Rei Pelé

O torcedor que foi ao Estádio Rei Pelé, assistiu um jogo emocionante. Na noite deste domingo (25), o time marujo recebeu o Cruzeiro, saiu atrás do placar, pressionou durante toda a segunda etapa e nos acréscimos, marcou o gol de empate, fazendo a festa da sua torcida. 1 a 1.

Com o empate, o CSA chegou aos 12 pontos e segue na 19ª posição da tabela de classificação. Na próxima rodada, a equipe alagoana vai até Salvador enfrentar o Bahia na Arena Fonte Nova.

O jogo – 1° Tempo

Quando a bola rolou no Estádio Rei Pelé, o que se via eram duas equipes que se estudavam bastante. Apesar da movimentação, os primeiros minutos não ofereceram tantas novidades.

Porém, aos 10 minutos, numa jogada que parecia despretensiosa. Robinho lançou Orejuela na direita, que cruzou sem marcação e encontrou Thiago Neves livre, cabeceando e parando em grande defesa de Jordi, mas no rebote, Fred, como bom centroavante, empurrou paramos fundo do gol. Cruzeiro 1 a 0.

A torcida sentiu e por alguns minutos o Rei Pelé ficou quieto. Aos poucos, o CSA mostrava que não iria se abalar e passou a marcar a saída de bola do time adversário.

Aos poucos a equipe azulina chegava ao ataque, mas faltava o último passe. Eram cruzamentos rasteiros, lançamentos que não assustavam o goleiro Fábio. O primeiro chute a gol, sem perigo, veio depois dos 30, com Bustamante.

Na reta final do primeiro tempo as duas equipes trocaram ataques, às torcidas se empolgaram, mas o placar seguiu, Cruzeiro 1 a 0 sobre o CSA.

2° – Tempo

Na volta para o segundo tempo, o técnico Argel Fucks enxergou que poderia atacar e mandou Euller para campo, na vaga de Naldo.

E a primeira chance veio com o meia. Jogada pela esquerda, Carlinhos cruzou na área e encontrou Euller, que desviou de cabeça e assustou o goleiro do Cruzeiro.

O troco veio minutos depois. Marquinhos Gabriel recebeu na área e deu um lindo toque por cobertura, mas Alan Costa tocou e a bola acertou o travessão, antes de ser afastada.

O jogo esquentava, o CSA crescia e ficou muito perto de marcar. Jogada pela direita, Bustamante deu passe para Apodi, que foi até a linha de fundo e tocou para trás. Jonathan Gomez chegou batendo e parou em defesa espetacular do goleiro Fábio.

O CSA era melhor no segundo tempo, fazia por merecer o empate. O Cruzeiro sentia o momento da equipe da casa, retardava todas as jogadas possíveis, recuou e o CSA se lançou ao ataque de vez.

Na reta final, o árbitro Marcelo de Lima Henrique concedeu cinco minutos de acréscimos e o time marujo acreditou e foi recompensado. Aos 48 minutos, bola na área do Cruzeiro, a defesa não afastou, Apodi bateu mal, mas contou com desvio na defesa adversária. Tudo igual e festa no Rei Pelé.

Final de jogo, CSA 1 x 1 Cruzeiro.

 

minutoesportes

Sobre WebRádio Juventude

Verifique isso

PROFESSOR LUO EXPLICA COMO VAI SER AS ENTREVISTAS DOS CANDIDATOS AO CONSELHO TUTELAR