quarta-feira, 18 de setembro de 2019
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3

Braskem consegue liminar e processos do caso Pinheiro vão para a Justiça Federal

Decisão é do desembargador federal Élio Wanderley de Siqueira Filho, da Primeira Turma de Julgamento do Tribunal Regional Federal da 5ª Região

Os processos contra a Braskem relacionados ao episódio envolvendo os bairros Pinheiro, Bebedouro e Mutange são de competência da Justiça Federal.

Esse foi o entendimento do desembargador federal Élio Wanderley de Siqueira Filho, que integra a Primeira Turma de Julgamento do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5), ao acatar pedido de liminar em favor da mineradora.

Em decisão ainda não publicada, proferida na última sexta-feira (16) e que a Gazetaweb teve acesso, o desembargador ponderou que “é de competência da Justiça Federal o julgamento das demandas relacionadas ao exercício da atividade mineradora, por serem os recursos ali explorados bens da União”.

Ao deferir o pedido de liminar em favor da mineradora, o desembargador federal determinou também a imediata suspensão dos efeitos das decisões agravadas [que diziam ser competências da Justiça Estadual] e, por consequência, manter, na Justiça Federal de Alagoas, a ação de origem, até o julgamento, pelo Colegiado da primeira turma do TRF-5. Tal julgamento ainda não tem data definida.

A Defensoria Pública do Estado e o Ministério Público de Alagoas (MP/AL) ainda não foram intimados acerca da decisão. Os órgãos podem ou não recorrer.

 

 

Gazetaweb

Sobre WebRádio Juventude

Verifique isso

PROFESSOR LUO EXPLICA COMO VAI SER AS ENTREVISTAS DOS CANDIDATOS AO CONSELHO TUTELAR