quarta-feira, 18 de setembro de 2019
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3

Prefeitos já sentem a falta de Biu de Lira no Senado

Com Renan Calheiros ainda submerso num profundo mergulho para pescar algo que o reposicione entre os protagonistas, Fernando Collor em período sabático e Rodrigo Cunha trabalhando para figurar na linha de frente, a Alagoas, neste início de governo Bolsonaro, não tem agenda produtiva. “Que falta o Biu está fazendo para o estado, nesse momento de arrocho e incertezas em Brasília. A gente era feliz e não sabia”, me disse um prefeito em segundo mandato.   

E ele tem razão. Na campanha para o governo do estado, em 2014, na churrascaria Famiglia Giuliano, Teotonio Vilela Filho disse para mais da metade dos prefeitos, deputados estaduais e federais, que Benedito de Lira era o senador com mais investimentos para Alagoas. “O Biu representa o municipalismo”, afirmou o então governador que, dias depois, decidiu que o PSDB teria candidato ao governo.

Se não podemos comparar os perfis de Renan e Renan Filho, da mesma maneira acontece com Arthur Lira e Benedito.

Pela conjuntura atual não é mais possível pedir volta Biu. Fica, no entanto, a oportunidade para os prefeitos dizerem obrigado, Biu.

Por outro lado, Renan não tem a mesma força de antes para salvá-los nas emendas e tribunais. Renan Filho – você sabe – é o que mais sente a ausência de poder do pai.

Com os senadores que temos, por enquanto, a preocupação é com a agenda nacional. Por aqui, dias difíceis estão por vir. 

Sobre WebRádio Juventude

Verifique isso

Força Tarefa da 5ª Cia prende em flagrante autor de assalto no Francês

Na madrugada desta quarta-feira dia 18 de setembro de 2019, a guarnição Força Tarefa 48, …