sexta-feira, 23 de agosto de 2019
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3

Alagoano e mais 7 são presos quando se preparavam para assaltar banco em PE

Um alagoano, identificado como José Ederaldo Araújo Teixeira, de 54 anos, foi preso, junto com sete comparsas, após ser acusado de integrar uma quadrilha especializada em assaltos a bancos. As prisões, orquestradas pelas Polícias Federal e Militar de Pernambuco, aconteceram  no bairro Nova Santa Cruz, em Santa Cruz do Capibaribe (PE).

Segundo informações policiais, as investigações foram iniciadas em abril deste ano e as prisões fazem parte da Operação Burgos, que visa o cumprimento de mandados de Busca e Apreensão expedidos pela Vara Criminal de Santa Cruz do Capibaribe.

A quadrilha estava em uma residência do município se preparando para assaltar uma agência do banco Itaú da cidade quando foi presa pelas equipes policiais. De acordo com a PF, o grupo é especializado em realizar o sequestro de familiares de funcionários de instituições financeiras. Na ocasião, eles se preparavam para atentar contra o tesoureiro e gerente do Banco Itaú.

Durante a ação policial, as equipes cercaram o imóvel e prenderam Lucas Filipi de Araújo Barbosa, 23 anos, natural de João Pessoa (PB), Thiago Pereira da Silva, 34 anos, natural de Vitória da Conquista/BA, Edemar José da Silva, 45 anos, natural de Sirinhaém/PE, Felipe Graciliano de Lima, 29 anos, natural de João Pessoa/PB, Ewerton Paulo da Silva, 22 anos, natural de João Pessoa/PB, Roberta Katiuska da Silva Dutra, 39 anos, natural de Caruaru/PE, Claudemar José da Silva, 42 anos, natural de Sirinhaém/PE e José Ederaldo Araújo Teixeira, 54 anos, natural de Maribondo/AL.

Dentro da casa, a polícia apreendeu duas armas de fogo, sendo um revólver calibre 38 e uma pistola .40, além de três veículos.

Após a prisão, a quadrilha foi levada à Delegacia de Polícia de Caruaru,  onde foi autuada em flagrante por roubo a bancos, extorsões mediante sequestro.

 

 

AL24HS

Sobre WebRádio Juventude

Verifique isso

Braskem dá sinais de que não vai sair de Alagoas

Independente da verdade dos fatos, após o trânsito em julgado, a Braskem dificilmente será vista …