terça-feira, 18 de dezembro de 2018
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3

No Rei Pelé, radialistas sofrem choque elétrico em estrutura metálica

No duelo dessa terça-feira (2) entre CSA e Paysandu, um caso extra-campo chamou atenção dos profissionais de imprensa. Radialistas relataram ter sofrido um choque na estrutura metálica da casamata, local de trabalho dos técnicos de rádio. A descarga elétrica teria ocorrido no momento em que encostaram na barra metálica.

O repórter Luís Alfredo, da rádio Difusora AM, foi o primeiro a sofrer o choque na estrutura, ainda no segundo tempo da partida. 

“Fui pegar o barulho da torcida na hora do gol e, quando encostei o braço, tomei o choque. Foi forte”, relatou. 

Depois do susto, Luis Alfredo alertou aos companheiros o perigo a que todos estavam expostos. A situação de exposição permaneceu até o momento do pós-jogo. Nos trabalhos finais de cobertura, o repórter Thiago Omena, da Rádio Maceió AM, acabou sofrendo mais uma descarga.

“Eu coloquei a mão na parte metálica da casamata. Levei uma descarga elétrica violenta no braço direito. Pela minha experiência, se fosse uma criança, a gente hoje poderia estar contando uma outra história. Poderia ser algo grave. Eu, adulto, estou com o braço dolorido”, afirmou Omena.

A assessoria da Secretaria de Esporte e Lazer da Juventude (Selaj), que administra o Estádio Rei Pelé, informou que a equipe de funcionários foi informada das ocorrências e já solucionou o problema na estrutura metálica. A Selaj disse ainda que o local passará por melhorias para garantir a segurança dos profissionais de imprensa nas próximas transmissões.

O presidente da Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas, Jorge Lins, afirmou que procurou a administração do Estádio Rei Pelé nesta quarta-feira (3) pela manhã para acompanhar as mudanças que serão feitas na estrutura. 

 

fonte tnh1

Sobre WebRádio Juventude

Verifique isso

Blog do Otávio Valentim: novo blog no ar

A Web Rádio Juventude conta com um novo blog, é o blog do Otávio Valentim …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*