terça-feira, 23 de outubro de 2018
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3

Motoristas de aplicativo querem adesivar carros para escapar da violência em Alagoas

Associação que representa categoria cobra mais segurança; um motorista foi morto nesse fim de semana, em Maceió 

Adesivar os veículos que são acionados a partir de aplicativos de transporte é a aposta da entidade que representa a categoria para escapar ou reduzir a violência que fez mais uma vítima nesse fim de semana: o motorista Claudemilrinstan Martins dos Santos, de 29 anos, que foi assassinado após ser abordado por passageiros no bairro Antares, na parte alta de Maceió.

Segundo o presidente da Associação dos Motoristas por Aplicativo do Estado de Alagoas (Ampaeal), Alex Félix, a entidade está preocupada com os casos de violência e, por isso, já solicitou apoio das autoridades de segurança. 

“A gente já conversou com a secretaria para que oferte mais segurança aos motoristas, mas há a dificuldade para se identificar os carros de motoristas de aplicativo. Na conversa que a gente teve, ficamos de fixar um adesivo no para-brisa desses automóveis, mas alguns não querem aderir à iniciativa”, explica Alex Félix.

Para justificar a ideia, o presidente da entidade lembra que os táxis são facilmente abordados pelas polícias porque são identificados, situação que não acontece com os motoristas que atendem via aplicativo. “Queremos implantar adesivo refletivo com a sigla APP, somente isso. Se houvesse qualquer abordagem de rua, os agentes de segurança teriam como identificar mais facilmente, ordenando a parada. Porém, sem a identificação, veem apenas como um carro comum”, disse.

“Os motoristas da associação querem colocar, mas quem não faz parte da entidade diz não concordar”, emendou Félix, acrescentando que cerca de 300 carros – com 200 deles circulando na capital – estão cadastrados na Ampaeal. 

Morte no Antares

Segundo dados preliminares da Polícia Militar, criminosos que se passavam por passageiros acionaram o motorista Claudemilrinstan Martins e, ao entrarem no veículo Ford Fiesta de cor prata e placa NML 8681-AL, anunciaram o assalto, efetuando disparos que atingiram o condutor e fugindo com objetos pessoais da vítima.

O assassinato de Claudemilrinstan será investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital (DHC).

 

fonte Gazetaweb

Sobre WebRádio Juventude

Verifique isso

Sobrinha de Cícero Cavalcante morre após ser baleada na porta de casa; Vídeo mostra suspeito fugindo

A adolescente de 15 anos, Geovânia Lopes Cavalcante Porangaba, foi baleada no momento em que chegava …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*