terça-feira, 18 de dezembro de 2018
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3

PF de Pernambuco com apoio das PF e PM de Alagoas prende suspeito de homicídio

Uma ação conjunta da Polícia Federal de Pernambuco e Alagoas e Polícia Militar/AL prendeu, nesta quarta-feira (1º), por volta das 13:30h, no bairro Tabuleiro de Martins, em Maceió, o comerciante foragido da Justiça Pernambucana Adalberto Ferreira da Silva, de 67 anos. 

A prisão aconteceu através de informações e levantamentos realizados pela Polícia Federal, a qual dava conta de onde se encontra o foragido. De posse dessas informações e para não perder o princípio da oportunidade foi checado e confirmado o endereço em que se encontrava abrigado.

Durante o percurso em que dirigia seu veículo – um Renault Fluence – foi interceptado em uma barreira policial previamente estabelecida, conforme seu itinerário. A prisão ocorreu sem maiores transtornos e o preso não ofereceu nenhum tipo de resistência.

O preso foi transferido de Maceió para Pernambuco por policiais federais, para o COTEL-Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna, onde ficará à disposição da Justiça Estadual conforme consta no respectivo Mandado de Prisão. 

Segundo informações, os policiais tiveram dificuldade em identificar o homem que, antes, se apresentava sem barba, com bigode e cabelos grisalhos. Hoje, as guarnições encontraram o suspeito de cabelos pretos, barbudo e usando óculos.

O caso:

O empresário Leonardo Henrique Buarque Spinelli, de 34 anos, foi assassinado com um tiro na rodovia PE-27, em Aldeia, na noite de 28 de outubro de 2017, às 18:30h. A vítima teria reclamado após a colisão de frente do seu veículo com o do comerciante Adalberto Ferreira, que trafegava na contramão. Depois de sofrer a batida, o empresário desceu do carro para reclamar com o motorista que estava na faixa contrária de forma irregular quando o infrator deixou o local e foi seguido pelo empresário. Ao ser alcançado o aposentado efetuou um tiro no tórax de Leonardo que ainda conseguiu dirigir o seu veículo e chegar numa Unidade de Pronto Atendimento, sendo transferido para o Hospital Getúlio Vargas, na Zona Oeste do Recife, onde veio a falecer. 

No dia 30 de outubro de 2017, Adalberto se apresentou à Polícia Civil, onde confessou que fez o disparo, contando sua versão sobre o ocorrido, levando, em seguida, a polícia civil até o local onde teria descartado a arma do crime.

 

fonte jaenoticia

Sobre WebRádio Juventude

Verifique isso

Blog do Otávio Valentim: novo blog no ar

A Web Rádio Juventude conta com um novo blog, é o blog do Otávio Valentim …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*