terça-feira, 13 de novembro de 2018
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3

Pastora evangélica é morta a tiros, suspeito está preso

Segundo a polícia, vítima foi morta em frente à casa da suposta namorada, que teve relacionamento com o atirador
 
Uma pastora evangélica de 43 anos foi assassinada a tiros, na noite de segunda-feira (6), no bairro do Ispep, na Zona Sul do Recife. A Polícia Civil apontou, nesta terça-feira (7), que o autor do crime foi preso em flagrante e seria ex-companheiro de uma mulher, apontada como suposta namorada da vítima. O crime teria sido motivado por ciúmes.

A delegada Ana Luísa Mendonça afirmou que a polícia trabalha com a hipótese de a pastora, identificada como Josefa Maria da Silva, ter sido morta por José Luiz da Silva, de 37 anos, por causa do relacionamento homoafetivo dela com a testemunha ocular do assassinato.

Segundo a policial, a namorada estava em frente da própria casa com a pastora no momento do assassinato. “A mulher que estava com Josefa está grávida do homem que atirou”, afirmou a delegada.

A delegada contou que Josefa, pastora da Igreja Rompendo em Fé, em Boa Viagem, também na Zona Sul do Recife, saiu do culto, pegou a amiga e deu uma carona para uma terceira pessoa até uma residência no bairro.

Ao retornar para a casa da amiga, na Avenida Presidente Kennedy, a pastora parou o automóvel e elas foram surpreendidas por José Luiz. Segundo a polícia, ele atirou três vezes na vítima. A testemunha ocular abria a grade do prédio, quando o atirador chegou. “A pastora foi morta no carro”, disse a delegada.

Segundo a investigadora, é possível descartar a possibilidade de roubo seguido de morte. “Ela estava com bastante dinheiro na bolsa para fazer um pagamento e nada foi levado. O relacionamento entre as duas teria despertado ciúmes no autor do crime”, apontou.

Segundo a policial, Josefa se divorciou há pouco tempo e tem três filhos. “Apuramos que a vítima não tinha inimizades”, acrescentou.

A polícia informou que José Luiz seria encaminhado para a audiência de custódia, nesta terça-feira (7). “A testemunha foi categórica e o homem foi preso em flagrante. Ele negou o crime e não achamos a arma na casa dele”, disse a delegada.

 
 
fonte Fonte G1
 
 

Sobre WebRádio Juventude

Verifique isso

Alunos da Escola Araújo Lobo se destacam em Olimpíada Brasileira de Robótica, em João Pessoa

Os estudantes da Escola Municipal Dona Maria de Araújo Lobo foram destaque na Olimpíada Brasileira …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*