quarta-feira, 23 de Maio de 2018
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3

116 famílias são beneficiadas com o programa este mês em Marechal Deodoro

A Prefeitura de Marechal Deodoro, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, garantiu na tarde desta quinta-feira (10) o benefício do Programa Bolsa Família a 116 novas famílias deodorenses já inseridas no Cadastro Único.
 
Na ocasião, a equipe do Programa Bolsa Família explicou para as famílias a importância do benefício, suas vantagens e também algumas condicionalidades que as famílias precisam cumprir, como saúde e educação dos filhos, a exemplo da atualização do cartão de vacinação e frequência escolar ativa.
 
Durante todo este primeiro semestre, o programa irá abrir novas vagas para todas as famílias que tem o perfil para receber a renda. As famílias realizaram o cadastro e após uma avaliação do sistema do programa, garantiram o benefício.
 
O Bolsa Família é um programa que contribui para o combate à pobreza e à desigualdade no Brasil, e possui três principais eixos que são: complemento da renda, acesso a direitos, e articulação com outras ações, podendo integrar e articular políticas sociais para estimular o desenvolvimento das famílias.
 
De acordo com a beneficiária Maria de Lourdes, esse benefício chegou na hora certa, visto que ela fez o cadastro há anos e nunca conseguiu ser aprovada pelo Cadastro Único.
 
“Faz muito tempo que fiz o cadastro e nunca consegui ser aprovada para participar do Bolsa Família. Esse benefício chegou na hora certa, pois minha família está realmente precisando. Fico muito feliz por isso”, disse a moradora da Barra Nova.
 
Segundo a secretária de Assistência Social de Marechal Deodoro, Iolanda Alcântara, esse benefício garantirá que novas famílias saiam da zona de pobreza e extrema pobreza no município, contribuindo para o desenvolvimento da cidade.
 
Como funciona o Programa Bolsa Família
 
O programa atende famílias que vivem em situação de pobreza e extrema pobreza. Podem fazer parte do programa todas as famílias com renda por pessoa de até R$85,00 mensais, e famílias com renda por pessoa entre R$85,01 e R$170,00 mensais, desde que tenham crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos.
 
A inscrição no Cadastro Único não garante a entrada imediata no Bolsa Família. A seleção é feita por um sistema informatizado, a partir dos dados informados no cadastro e nas regras do programa. Além disso, a concessão do benefício depende de quantas famílias já foram atendidas no município, em relação à estimativa de famílias pobres feita para essa localidade.
PMMD

Sobre WebRádio Juventude

Verifique isso

Extensão do MDB (desde sempre), PRTB não precisa coligar

Quem tem Adeilson Bezerra na condução de uma campanha proporcional à Assembleia Legislativa e à Câmara Federal …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*