quinta-feira, 18 de outubro de 2018
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3

116 famílias são beneficiadas com o programa este mês em Marechal Deodoro

A Prefeitura de Marechal Deodoro, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, garantiu na tarde desta quinta-feira (10) o benefício do Programa Bolsa Família a 116 novas famílias deodorenses já inseridas no Cadastro Único.
 
Na ocasião, a equipe do Programa Bolsa Família explicou para as famílias a importância do benefício, suas vantagens e também algumas condicionalidades que as famílias precisam cumprir, como saúde e educação dos filhos, a exemplo da atualização do cartão de vacinação e frequência escolar ativa.
 
Durante todo este primeiro semestre, o programa irá abrir novas vagas para todas as famílias que tem o perfil para receber a renda. As famílias realizaram o cadastro e após uma avaliação do sistema do programa, garantiram o benefício.
 
O Bolsa Família é um programa que contribui para o combate à pobreza e à desigualdade no Brasil, e possui três principais eixos que são: complemento da renda, acesso a direitos, e articulação com outras ações, podendo integrar e articular políticas sociais para estimular o desenvolvimento das famílias.
 
De acordo com a beneficiária Maria de Lourdes, esse benefício chegou na hora certa, visto que ela fez o cadastro há anos e nunca conseguiu ser aprovada pelo Cadastro Único.
 
“Faz muito tempo que fiz o cadastro e nunca consegui ser aprovada para participar do Bolsa Família. Esse benefício chegou na hora certa, pois minha família está realmente precisando. Fico muito feliz por isso”, disse a moradora da Barra Nova.
 
Segundo a secretária de Assistência Social de Marechal Deodoro, Iolanda Alcântara, esse benefício garantirá que novas famílias saiam da zona de pobreza e extrema pobreza no município, contribuindo para o desenvolvimento da cidade.
 
Como funciona o Programa Bolsa Família
 
O programa atende famílias que vivem em situação de pobreza e extrema pobreza. Podem fazer parte do programa todas as famílias com renda por pessoa de até R$85,00 mensais, e famílias com renda por pessoa entre R$85,01 e R$170,00 mensais, desde que tenham crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos.
 
A inscrição no Cadastro Único não garante a entrada imediata no Bolsa Família. A seleção é feita por um sistema informatizado, a partir dos dados informados no cadastro e nas regras do programa. Além disso, a concessão do benefício depende de quantas famílias já foram atendidas no município, em relação à estimativa de famílias pobres feita para essa localidade.
PMMD

Sobre WebRádio Juventude

Verifique isso

FALTA DE MÉDICOS

FALTA DE MÉDICOS – O vereador Neílton Costa cobrou melhoria no serviço de atendimento médico …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*