terça-feira, 24 de Abril de 2018
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3

RETROSPECTIVA E REFLEXÃO

Não quero aqui fazer uma “lavagem de roupas”, pois poderia me tornar enfadonho. Quero apenas, como a maioria das pessoas fazem, externar uma reflexão do que foi a minha vida durante 2017.

Sei também que para muitos não interessa o que cada uma fez ou deixou de fazer, portanto não é minha pretensão escancarar o meu diário para todos.

O que pretendo é fazer, acima de tudo, um desabafo e nada melhor para desabafar do que escrever, mesmo que ninguém leia.

Ainda faltam alguns dias, mas como o tempo voa já considero o ano findo. Daí começo a relembrar o dia a dia da minha trajetória neste ano onde cometi muitos erros, mas também acertei em outras ocasiões.

Os erros reservo-os para meu arquivo como forma de lembrar que não devo repeti-los, mas o que posso considerar como maior acerto é conseguir vir arrancando do meu íntimo alguns sentimentos negativos e dar um basta em algumas atitudes que em nada me acrescentariam de positivo. Alguns sentimentos foram revistos, alguns conceitos mudados e a aversão por algumas pessoas foram abrandadas.

Como me considero um eterno aluno, este ano foi continuei aprendendo sempre e principalmente a viver em comunidade. Por este prisma acho que o ano foi altamente profícuo, pois na minha nova condição de aposentado, disponho de mais tempo para reflexões e predisposição para ser mais cauteloso nas minhas reações, somei amigos e companheiros durante todo ano.

Nesse aprendizado, onde até as agruras nos mostram novos rumos e nos direcionam para resultados inusitados, concluímos que boas e valiosas soluções nos chegaram impedindo de reclamar de eventuais infortúnios.  Essas possíveis contrariedades não merecem que nos abatamos, nos sintamos vencidos e sim nos induzam a levantar a cabeça e abrir o coração para a gratidão, para o perdão, para o amor e para termos em consequência a alegria de viver.  

Sobre WebRádio Juventude

Verifique isso

Com menos policiais nas ruas, matança mantém a média em AL

16 é o número da morte, no comparativo com os dois últimos finais de semana, com e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*