sábado, 16 de dezembro de 2017
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3

Dieta – quando o emagrecer pode fazer engordar?

O que acontece quando você evita a gordura na sua dieta e continua a comer um monte de alimentos cheios de açúcar?

Em recente estudo os resultados encontrados foram mais chocantes do que se esperava. Nos Anos 90, surgiram os produtos magros ou 0% e se popularizam as dietas de baixo teor de gordura promovidas por celebridades. Tudo o que era precisa fazer era comer o mínimo de gordura possível e seria magro e saudável.

Aconteceu que a população do Mundo Ocidental ficou mais gorda, mais doente, as pessoas com diabetes tipo 2 aumentaram exponencialmente e a indústria de alimentos processados e fast-food não pararam de crescer.

No recente estudo Diet-driven microbiota dysbiosis is associated with vagal remodeling and obesity, um grupo de investigadores da Universidade da Geórgia nos Estados Unidos quiseram descobrir a relação entre 3 tipos de dieta e o efeito de acumulação de gordura. A experiência foi efetuada em ratinhos, que foram divididos em três grupos, com 3 tipos de dietas em que ambos tinham a mesma quantidade de calorias:

  1. Um grupo com baixo teor de gordura e alto teor de açúcar;
  2. Um grupo com alto teor de gordura e alto teor de açúcar;
  3. Um grupo com dieta equilibrada.

Depois de 4 semanas a comerem as respectivas dietas, foram testadas a composição corporal dos ratinhos com pinças.

Imagina o que se passou? Os grupos com alto teor de açúcar começaram a ficar gordos. Mas os resultados não ficam por aqui, e são ainda mais surpreendentes.

O que mais surpreendeu os investigadores

Krzysztof Czaja, o principal investigador do estudo afirmou: “A nossa investigação mostra que nos ratos alimentados com uma dieta de baixo teor de gordura e alto teor de açúcar, a geração de gordura corporal é mais do dobro” e eles precisaram de menos da metade do número de calorias para gerar a mesma quantidade de gordura corporal. Basicamente, os ratos que ficaram mais gordos conseguiram isso ao consumirem o mesmo número de calorias do que os ratos alimentados com uma dieta equilibrada.

Conclusão, nem todas as calorias são iguais, e a qualidade dos alimentos faz a diferença, não o número de calorias totais.

Mais o pior estava para vir

Os ratos alimentados com alto teor de açúcar para além de ficarem gordos, também evidenciaram sinais de problemas no fígado. “O fígado acumulou mais gordura imitando o efeito da doença hepática não alcoólica”, disse Czaja. Dietas de baixo teor de gordura e alto teor de açúcar também fazem aumentar as más bactérias do intestino associadas a problemas no fígado.

As dietas açucaradas induziram inflamação crónica no trato intestinal e no cérebro. Quando o cérebro fica inflamado danifica o nervo vago, alterando a comunicação do sistema gastrointestinal e cérebro. Isso afeta sua capacidade de se sentir cheio, levando-o, a comer em excesso.

Que dieta deve seguir para não engordar

Embora o estudo tenha sido efetuado em ratinhos, carecendo de experimentação em humanos para verificação das conclusões, pode por hipótese estender-se os seus resultados, concluindo que a chave para não se engordar está no consumo de uma dieta equilibrada evitando os alimentos açucarados, bem como os xaropes de glucose e outros adoçantes processados.

A dieta equilibrada deve conter gorduras saudáveis, como as presentes nos peixes de mar; frutos secos como nozes, amêndoas, amendoins, etc; azeite virgem extra; abacates; óleo de coco não refinado; entre outros.

Fonte: saudenatural.info

Sobre WebRádio Juventude

Verifique isso

Vereador é executado em frente à residência no município de Batalha

O vereador por Batalha, Tony Carlos Silva de Medeiros (PR), foi assassinado a tiros, na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*