sábado, 16 de dezembro de 2017
Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3

Advogados pedem prisão de Collor por não pagamento de pensão alimentícia


Rosane Malta, ex-primeira dama do Brasil e ex-esposa do senador por Alagoas, Fernando Collor, ingressou com uma ação na justiça onde seus advogados pediram a prisão do ex-presidente pelo não pagamento da pensão.

De acordo com o que foi apurado pelo Jornal Extra, do Rio de Janeiro, Collor teria que depositar cerca de R$ 28 mil para Rosane, até o primeiro dia últil do mês, em cumprimento de determinação da justiça.

Ainda de acordo com a reportagem, os dois brigam na justiça há 12 anos, desde quanto se divorciaram, numa dívida que já chega a quase R$ 1 milhão.

Na ação de pensão alimentícia, os advogados de Rosane Malta requerem o pagamento de retroativos não quitados, já foi julgada em última instância no Superior Tribunal de Justiça e não cabe mais recurso. O Tribunal de Justiça de Alagoas julgou, em outubro, um recurso de Collor contra uma decisão que penhorou valores da conta do ex-presidente para a quitação da dívida.

Ainda de acordo com a reportagem, “como os bens e contas do senador estão bloqueados, porque ele está sendo investigado na Operação Lava-Jato, ficou determinado que o que fosse encontrado em sua conta-corrente fosse depositado em juízo”.

Na época da separação a ex-primeira dama requereu uma pensão de 30 salários mínimos por mês, algo em torno de R$ 28 mil.

A assessoria de comunicação do senador Fernando Collor informou que ele ainda não se posicionou sobre o assunto.

Fonte: tnh1

Sobre WebRádio Juventude

Verifique isso

Vereador é executado em frente à residência no município de Batalha

O vereador por Batalha, Tony Carlos Silva de Medeiros (PR), foi assassinado a tiros, na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*